10 anos de Crepúsculo

crepusculo

Parece que foi ontem que um vampiro que brilha e uma jovem adolescente apaixonada invadiram nossas vidas e nossos corações. Mas e se fosse ao contrário? E se ela fosse uma vampira por quem um menino humano estivesse perdidamente apaixonado? Vamos descobrir? Porque foi exatamente essa a proposta de Stephenie Meyer para divertir os fãs na comemoração de uma década de “Crepúsculo”.

Isso mesmo que você leu! Ela não continuou “Midnight Sun” (basicamente “Crepúsculo” narrado pelo ponto de vista de Edward) nem pensou em cenas deletadas. Ela simplesmente inverteu o gênero de praticamente todos os personagens e roubou um pouquinho no final (mas nada de spoilers por aqui!). Eu, particularmente, achei o máximo essa jogada meio fanfiqueira de Stephenie!

Bella virou Beau e Edward virou a vampira Edythe. E não foram somente os protagonistas que mudaram de gênero, mas a maioria dos personagens! Olha que máximo!

A edição americana já está à venda, mas a brasileira só será lançada pela Intrínseca em 1 de novembro com o título “Vida e Morte” em uma edição “vira-vira”, ou seja, de um lado é “Crepúsculo” e do outro “Vida e Morte”. DIVO! Então, preparem-se e vamos voltar a Forks!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: