1968 Рo ano que ṇo terminou

Para começar o ano escolhemos uma espécie de clássico nacional, uma não ficção, que fala sobre política e, ao mesmo tempo, celebra meio século de um ano que abalou o mundo: “1968 – o ano que não terminou”. Em um ano em que teremos que sobreviver a uma campanha eleitoral que promete ser uma das […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo