Adaptações cinematográficas de 2017

Quer saber quais as adaptações de livros para o cinema que veremos em 2017? Confira

Estamos a quase dois meses da maior festa cinematográfica, o Oscar, que para nós brasileiros será no meio do Carnaval – finalmente vamos poder acordar na segunda sem preocupação com o trabalho no dia seguinte.

Mas o ano novo trás também uma lista imensa de lançamentos e entre esses estão as adaptações de livros para as telas – um assunto que polariza bem os fãs de livros. Começando com a primeira adaptação do ano, “Hidden Figures” (“Estrelas Além do Tempo“) que entra em cartaz essa semana, dia 6 de janeiro, nos EUA. Baseado em fatos reais, o livro narra a história de três matemáticas negras que foram importantíssimas no programa espacial norte americano durante a década de 1960.

O filme conta com os talentos de Taraji P. Henson (Empire), Octavia Spencer (Histórias Cruzadas, outra adaptação de um ótimo livro), Janelle Monáe (O Protetor), Jim Parsons (The Big Bang Theory), Kirsten Dunst (Homem-Aranha) e Kevin Costner (O Guarda Costas). Confira o trailer.

Nessa mesma semana estreia “Sete Minutos Depois da Meia-Noite” (o livro está em sua segunda edição no Brasil agora pela Novo Conceito – a primeira edição ainda está disponível pela Editora Atica e vem com as ilustrações), um drama adolescente de cortar o coração. Conor é um menino de 13 anos que tem que enfrentar vários problemas em sua vida. Sua mãe sofre de um câncer terminal e passa por tratamentos rigorosos. Ele sofre bullying na escola diariamente e sua avó, uma megera, está chegando para ficar. Além disso tudo, Conor tem um pesadelo recorrente desde que sua mãe começou o tratamento – um monstro do quintal de sua casa o visita todos as noites. É uma entidade antiga e selvagem e ela quer algo de Conor, algo terrível e perigoso. Ela quer a verdade.

Escrito por Patrick Ness de uma ideia da falecida Siobhan Dowd – que morreu prematuramente de câncer e não pode concluir a obra – o autor tece um drama assustador mas também sombriamente engraçado sobre travessuras, perda e monstros tanto reais quanto imaginários. Esse é um candidato a tirar o lenço da bolsa porque vai ser uma choradeira só!

A adaptação dirigida por J.A. Bayona de “O Orfanato” tem um elenco estrelar: Lewis MacDougall (Pan) em seu primeiro papel de destaque, Felicity Jones (Rogue One), Sigourney Weaver e Liam Neeson como a voz do Monstro. Confira o trailer.

A próxima adaptação já sai na semana que vem – mais um de Dennis Lehane – “Live by night”. Entre os títulos já adaptados para o cinema estão “Sobre meninos e lobos”, “Medo da verdade” e “Ilha do Medo”. Na história, roteirizada, dirigida e estrelada por Ben Affleck, o personagem Joe Coughlin é um ladrão que encontra sucesso no contrabando de rum em plena na Era da Lei Seca.

Além de Affleck, o filme também tem Chris Messina (The Normal Heart), Zoe Saldanha (Star Trek), Sienna Miller (Stardust), Elle Fanning (Malévola) e Scott Eastwood (Esquadrão Suicida). Confira o trailer.

Na segunda semana de fevereiro temos a continuação do mega sucesso do mercado livreiro, “Cinquenta tons mais escuro”. Na sequência, Christian ainda luta contra seus próprios demônios e Anastasia precisa enfrentar a raiva e a inveja das mulheres que vieram antes dela.

Na continuação cinematográfica, Jamie Dornan (The Fall) e Dakota Johnson (Aliança do Crime) reprisam os papéis título. A novidade é a chegada de Kim Basinger como Elena Lincoln – que o seduziu quando ele tinha 15 anos de idade.

Confira o trailer

Lá para o final de março, temos a adaptação de “The Zookeeper’s Wife”. Quando a Alemanha invadiu a Polônia, os ataques aéreos destruíram Varsóvia e junto com ela se foram quase todos os animais do zoológico da cidade. O casal, Antonia e Jan Zabinski, que cuidavam do zoológico durante a tomada nazista consegue salvar centenas de judeus contrabandeando-os em gaiolas vazias.

Jessica Chastain e Daniel Brühl vivem o casal de zoólogos nessas adaptação. Confira o trailer.

Na primeira semana de abril sai a adaptação do excelente “Extraordinário” (Wonder) de R.J. Palacio.

“Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora.”

No elenco estão o incrível Jacob Tremblay de “O quarto” (outra adaptação cinematográfica de um livro excelente), Julia Roberts (Uma linda mulher), Owen Wilson (Horas de Desespero).

No dia 21 de abril, os americanos conhecerão a história verídica do coronel Percival Fawcett, um explorador britânico que se perdeu na Amazônia no ano de 1925 enquanto ele e sua equipe procuravam por uma lendária civilização. Vários outros exploradores voltaram para tentar resgatar o grupo em meio a selva ou até mesmo em busca de qualquer vestígio da famosa Cidade Perdida de Z.

No elenco estão Charlie Hunnam (Círculo de Fogo) como o coronel Fawcett e Sienna Miller (Stardust) voltando para mais uma adaptação.

Confira o trailer.

Na semana seguinte chega o intrigante “O Círculo” (The Circle). No livro, uma jovem chamada Mae Holland é contratada pela empresa mais poderosa de tecnologia… alguém disse Google? Ela acha que é a oportunidade da vida dela. A companhia chamada The Circle, que funciona em um campus californiano, vincula tudo: as contas de e-mails, as mídias sociais, as contas bancárias e a nova era da civilização e transparência… já falei Google?

O que começa como uma história cativante sobre uma jovem mulher e suas ambições e idealismo logo se torna em um suspense de tirar o fôlego levantando dúvidas sobre memória, História, privacidade, democracia e o limite do conhecimento humano.

O filme conta com elenco interessante: Emma Watson como Mae Holland, Tom Hanks no papel do enigmático magnata dono da empresam, John Boyega (Star Wars: O Despertar da Força) e Bill Paxton (O Abutre). Confira o trailer.

Pulando lá para meiuca de julho, temos uma refilmagem de uma adaptação cinematográfica de “Eu te matarei, querida” (My Cousin Rachel) – existe também uma série para TV feita na década de 1980.

Na clássica história escrita por Daphne du Maurier (responsável também por Rebecca – imortalizada no cinema por Hitchcock), Philip trama contra sua misteriosa e linda prima, Rachel, acreditando que ela teria matado seu pai adotivo. Mas seus sentimentos se tornam incerto a medida que ele começa e se envolver com ela e seu charme sedutor.

A adaptação original de 1952 contava com Olivia deHavilland e Richard Burton. Já na refilmagem temos Rachel Weisz e Sam Claflin (Eu antes de você).

No final de julho, a aguardada e polêmica adaptação de “A Torre Negra” chega aos cinemas.

Considerada a magnum opus do mestre Stephen King, esse é o primeiro livro de uma série de oito volumes e é onde o autor nos introduz o mais enigmático de seus protagonistas Roland Deschain de Gilead, o último pistoleiro. Ele vaga pela paisagem semelhante ao faroeste americano em busca da Torre Negra na esperança de que ao chegar lá ele consiga preservar seu mundo moribundo. Em sua jornada ele conhece Alice, inicia uma amizade com Jake, um garoto nova-iorquino e se depara com o Homem de Preto.

No elenco do que poderá ser uma franquia rentável estão Idris Elba (Luther) no papel principal, Matthew McConaughey (Interestelar), Abbey Lee (Mad Max: Estrada da Fúria), e Jackie Earle Haley (Watchmen)

Dobradinha para Idris Elba, “The Mountain Between Us” (ou com a tradução do título do livro no Brasil, “Depois daquela montanha”), chega aos cinemas norte americanos dia 20 de outubro.

No livro, um casal de desconhecidos, Ben e Ashley, fretam um avião para chegar em casa em tempo para seus compromissos: ela tem o ensaio de seu casamento e ele uma cirurgia para realizar. Mas por causa do mau tempo o avião cai e eles ficam presos a 3.500 metros de altitude numa floresta coberta por neve.

“À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele.”

Iris Elba contracena com Kate Winslet nesse romance roteirizado por Chris Weitz responsável por adaptar livros como “Um grande garoto” e “A bússola dourada”.

Para o final de ano, chega a esperada antologia de contos dessa época do ano: “Deixe a neve cair”. Inicialmente pensado para dezembro de 2016, o filme foi empurrado para Novembro de 2017. Nas três histórias sobre romances inesperados escritas por John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle – mestres do YA atual. A adaptação inicial era de Kay Cannon (da série de filmes “Escolha Certa”) mas acabou caindo nas mãos de dupla Scott Neustadter e Michael Weber responsáveis por “500 Dias com Ela”, “O Maravilhoso Agora”, “A Culpa é das Estrelas” e “Cidade de Papel”… acho que não tem como eles errarem 😉

Como a produção ainda está em fase inicial, não há elenco escalado ainda.

Para o final de novembro, tem outra refilmagem de uma adaptação: “Assassinato do Expresso do Oriente”. O clássico romance policial de Agatha Christie narra a história do renomado detetive belga, Hercule Poirot, e sua que investigação sobre o assassinato de um magnata americano no famoso trem. Na versão cinematográfica anterior a grande Indrid Bergman (Casablanca) levou um Oscar para casa.

O elenco não é de surpreender nessa adaptação dirigida e estrelada por Kenneth Branagh. Nele estão Daisy Ridley (Star Wars: O Despertar da Força), Johnny Depp (Piratas do Caribe), Penélope Cruz (Para Roma com Amor), Michelle Pfeiffer (Stardust), Michael Peña (Perdido em Marte), Judi Dench (007 contra Spectre), Derek Jacobi (O discurso do rei) e Leslie Odom Jr. (estrela do musical “Hamilton”)

Ainda sem data certa para o lançamento, o thriller sci-fi de Jeff Vandermeer, “Aniquilação”, já está em pós-produção.

A história narra a busca de uma biólogo por respostas da causa da morte de seu marido em uma misteriosa área X. O lugar foi isolado do continente por décadas. Um lugar onde a natureza tomou de volta os últimos vestígios de civilização. A primeira expedição voltou relatou ter encontrado um lugar paradisíaco. A segunda leva de expedicionários se suicidou e a terceira terminou em um tiroteio entre os integrantes. Os membros da décima primeira expedição (é sério que ainda tem gente voltando lá?) retorna após algumas semanas e acabam morrendo de câncer.

A história é narrada a partir da décima segunda onda de cientistas, agora formada por quatro mulheres: uma antropóloga uma topógrafa, uma psicóloga e uma bióloga, quem narra a história.

O filme é dirigido por Alex Garland responsável pelo enigmático “Ex Machina”. Natalie Portman (Cisne Negro) encabeça o elenco que inlcui Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados) no papel da psicóloga e líder da equipe, Gina Rodriguez (Jane the Virgin), Tessa Thompson (Creed) e Oscar Issac (Ex Machina).

Mais um sem data prevista para o lançamento mas que já está em pós-produção é a adaptação de “The House of Tomorrow” de Peter Bognanni.

É a famosa história da chegada da maioridade. O adolescente Sebastian, mora em uma geodésica redoma com sua excêntrica avó, responsável por educá-lo em casa mesmo. Quando o destino o expulsa de casa ele se vê diante de um novo tutor: Jared Whitcomb, um adolescente de 16 anos sobrevivente de um transplante de coração que fuma igual uma chaminé. Jared o ensinará os caminhos da rebelião adolescente. É a história incrível de dois amigos que querem mulheres, se tornarem deuses do punk e sobreviver o segundo grau.

No elenco estão Asa Butterfield (Ender’s Game), Alex Wolff (Casamento Grego 2) e Ellen Burstyn (Interestelar).

A adaptação de “O rouxinol” de Kristin Hannah foi anunciado no ano passado mas o projeto ainda está em fase de pré-produção. O que se sabe até o momento é que Ann Peacock fará a adaptação para o cinema. A roteirista é conhecida por trabalhos como “As Crónicas de Narnia: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa”. A direção será de Michelle MacLaren que dirigiu inúmeros episódios de seriados de TV, entre eles estão “Arquivo X”, “Law & Order: SVU”, “Lie to Me”, “Breaking Bad”, “The Walking Dead”, “Game of Thrones” e “Westworld”.

No livro, duas irmãs francesas se veem em mundos opostos durante a invasão nazista: uma luta na Resistência enquanto a outra se torna uma prisioneira. Um filme recente tem a mesma vibe e vale uma conferida “Suíte Francesa” (dica: tem no Netflix)

Em “Thank You For Your Service” o jornalista David Finkel faz uma análise incrível sobre a psicologia da guerra. Uma continuação de seu “The Good Soldiers”, onde ele narra a história do 16º batalhão de infantaria na linha de frente em Bagdá durante a infame invasão que durou 15 meses e que mudou por completo suas vidas. Agora na sequência, o jornalista segue a volta deles para casa, o a sociedade, a vida comum e
a luta contra o transtorno de estresse pós-traumático.

O filme já está em pós-produção e foi dirigido por Jason Hall, responsável por levar as telas outra adaptação de mesmo cunho militar, “Sniper Americano”. O elenco estão Miles Teller (Whiplash), a comediante Amy Schumer (Descompensada) e Haley Bennett (A Garota no Trem).

O novo projeto de Destin Daniel Cretton (responsável por “Short Term 12”) é a adaptação das memórias de Jeannette Walls. Em “O Castelo de Vidro” a autora narra suas memórias de uma família boêmia, errante e atípica. Uma jovem tenta sobreviver a adolescência em meio a sua família disfuncional de nômades inconformistas onde a mãe é uma artista excêntrica e seu pai um alcoólatra que estimula a imaginação de seus filhos na esperança de acobertar a pobreza em que vivem. Na adaptação de “O Castelo de Vidro” de Jeannette Walls, a autora narra suas memórias de uma família boêmia, errante e atípica.

O filme já está em fase de pós-produção. No elenco estão Brie Larson (O Quarto) como Jeannette, uma jornalista bem sucedida, Naomi Watts e Woody Harrelson são seus pais.

Vejo muitas indicações para o Oscar em 2018!

Um pensamento em “Adaptações cinematográficas de 2017”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: