Adeus, Facebook

Existe vida pós digital?

Pare e pense: como você fazia para procurar ou entender algo que desconhece antes de o Google existir? Como você se relacionava com seus amigos antes do facebook? Como combinava encontros, negócios, tudo, quando ninguém tinha telefone celular?

O novo livro de Jack London, “Adeus, Facebook”, nos traz reflexões do passado para entendermos o nosso futuro. Você acha que tudo que aí está, assim vai permanecer? Pois é, nossos pais, avós, bisavós, também achavam. Geração pós geração, todos pensamos que somos donos da verdade e que sabemos de tudo. Somos o ponto alto do almejado “futuro”, mas se estamos, na verdade, no presente, e se amanhã o hoje já é passado, o que será que nos aguarda depois?

É movido por essa reflexão que o autor nos traz, didaticamente, previsões de como poderá ser o mundo pós digital. Sim, meus caros, o Facebook vai acabar. E o que será que pode substituí-lo? Só podemos fazer suposições, mas as de Jack London são as mais sensatas e lúcidas que já vi.

A narrativa (que não chega a ser exatamente uma narrativa) é não linear, uma coletânea de textos, que fazem mais sentido se lidos na ordem em que foram postos, mas você pode ler em pílulas se quiser, abrindo-os aleatoriamente, se achar mais instigante, a leitura não se perde completamente. O livro é curto (176 páginas), de linguagem simples, e bastante descontraído. É leitura recomendada mais para os profissionais da área, mas as informações e reflexões que nele estão servem para todos nós.

Jack London se debruça sobre o passado para só depois tratar do futuro, e acho que isso é o que o torna mais interessante, pois ele mostra que só valorizando o que vivemos e aprendendo com nossos erros e acertos poderemos progredir para um futuro “evoluído”, tal qual é o instinto natural de todos nós.

Ah, vale dizer, o nome parece de gringo, mas autor é brasileiro! Jack London é economista, consultor, empresário e professor. É o cridador do site Booknet.com.br que, posteriormente, foi vendido e virou o Submarino. Em 2005 Jack foi contratado pelo Google no Brasil onde trabalhou até 2007.

Se você trabalha com o mundo digital, economia, marketing, e afins, ou apenas é mais um dos curiosos (como eu) sobre de onde viemos e para onde vamos, fica a dica.

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Americanas Livraria Cultura

Um comentário sobre “Adeus, Facebook

  1. Caramba! Outro dia me peguei pensando nisso! Tentei sair do facebook uns tempos atrás, até sai por 2 dias, antes, peguei o endereço e e-mail das pessoas que mais converso, telefone, porque nem sempre as suas amizades virtuais são com pessoas que você vê todos os dias! Algumas amigas minhas moram em outro país:/
    Antigamente (ok, nos anos 90), eu procurava e pesquisava coisas em livros, barsas, revistas voltadas para o ensino que assinava, e depois até recortava para fazer trabalhos escolares! Ou até mesmo, consultava a memória da Vó, Vô, Pai e Mãe! 🙂 Hoje, somente o Google?!Mas nem sempre ele é exato, as vezes até recorro ao dicionário para me certificar, vai que ….
    Agora, em relação a amigos?! Era o convívio na escola, no dia-a-dia, troca de telefones RESIDENCIAIS (acho que logo mais entrará em extinção hehe), cartas e bilhetinhos. Até hoje mantenho o ritual de mandar cartas e cartões por correio, uma das coisas que prezo e pretendo nunca perder essa “mania”. Acho muito gratificante e bom receber uma carta ou cartão, com a letra da pessoa, o carimbo do correio, o ato de abrir o envelope e desdobrar o papel! Algo mágico nos dias atuais!!!!

    Fiquei bem curiosa com esse livro, uma boa pedida para o ano que vem! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *