As Fases da Lua

CAPA_FRENTE

Adoro contos! Tudo neles me fascina tanto como leitora quanto como escritora. O desafio é sempre tão grande: fisgar o leitor em poucas páginas. Mas como desenvolver personagens em tão pouco tempo? Como criar o clima certo a tempo do desfecho final? Adoro contos e adoro ainda mais receber em primeira mão um conto de uma autora tão querida e que sempre, sempre, me faz chorar.

Cheguei em casa e recebi a prova do conto “Se você pudesse ficar” de Bianca Briones. Ele integra a coletânea “As Fases da Lua” (Editora Gutenberg) e, assim como o nome diz, cada autora escreve sobre uma das fases da Lua. Eu AMO a Lua e a minha fase preferida é a Cheia, mas quando vi que o conto de Bianca era sobre a fase Minguante, fiquei tensa.

É que, na minha opinião, a fase Minguante é a mais negativa. Não é escura como uma noite sem lua (Lua Nova), mas sim aquela fase que tudo que era bom vai acabando, vai minguando. Acho essa época meio negativa, sei lá, e como se tratava de um conto, já viu né? Tensão de leitora nível máximo!

Em “Se você pudesse ficar”, Bianca Briones nos mostra um pouco da história de Bruna e Guilherme, amigos de infância que namoram há uma década e que já passaram por longas fases de separação por morarem em países diferentes durante a faculdade. A Lua Minguante é uma personagem no histórico dos dois assim como Wendy Darling e Peter Pan, o que é LINDO DEMAIS! Assim, em capslock mesmo!

A narrativa é em primeira pessoa (Bruna) o que torna ainda mais fácil a identificação do leitor com a personagem. No meu caso, mais ainda, porque muitas características do relacionamento da Bru e do Gui parecem muito com o meu relacionamento com meu marido, então foi fácil entender a Bruna e tudo que acontece durante o conto.

Não posso falar muito mais além disso. Tudo que posso dizer é que “Se você pudesse ficar” me deixou tensa no sentido “tá tudo muito lindo e se algo ruim acontecer, vai doer demais!”. Mas assim é a vida, não é? Então li página atrás de página e me surpreendi com Bianca Briones mais uma vez. Embora goste mais da narrativa dos personagens da série “Batidas Perdidas”, foi uma delícia conhecer novos personagens e uma narrativa mais curta e diferente da Bianca.

Mal posso esperar para ler os outros contos de Leila Rego, Jennifer Brown, Liliane Prata e Clarissa Corrêa! Por isso, fica também um pedido para editoras (façam mais livros de contos!!!) e para leitores (leiam mais contos para que possamos ter mais livros assim no mercado!). Essa expressão literária é sensacional e precisa ser mais produzida e consumida. Vamos fazer a nossa parte!

Compre aqui:

Saraiva Travessa Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: