Bienal do Livro São Paulo 2014

O Cheiro de Livro conseguiu passear pelos estandes antes da loucura. Confira.

Cheguei ao Anhembi por volta das 16h da sexta-feira. Tudo calmo, sereno. Em pouco tempo, já tinha feito o “reconhecimento de área” por todo o pavilhão (em SP, a Bienal tem um pavilhão quando no Rio de Janeiro são três).

Pude passear pelos estandes das editoras e marquei os que mais me impressionaram. Assim que chegar, procure um mapa, marque o quer visitar para não esquecer de nada! Confira os destaques:

Arqueiro/Sextante – promoções interessantes e na lateral tem um espaço para blogueiros carregarem seus celulares e trocarem uma ideia com a equipe de marketing. Lá também podem ser retirados os brindes dos livros comprados. Um luxo!

:: Dica de compra – “Como se livrar de um vampiro apaixonado” é um MUST! Adoro esse livro porque a história é uma delícia e nada boboca. Um romance muito gostoso de ler. Outro livro que precisa ser lido é “O Doador de Memórias”. O filme vai sair e ele é muito interessante. Vale ler antes de assistir. (leia a resenha aqui)

 

Grupo Editorial Record – descontos progressivos e brindes muito legais! O estande está lindo e chama atenção pelo tamanho e pelo painel luminoso que faz referência aos livros de Cassandra Clare.

:: Dica de compra – “O Substituto” precisa ser lido e logo. Muito bem escrito e intrigante, deve vir para casa com você, leitor (confira entrevista com autora aqui ). Outra dica é a trilogia “Peças Infernais”, “Easy” e “O Livro dos Vilões”. Aliás, dois autores brasileiros que participaram do “Livro dos Vilões” estarão na Bienal no final de semana para autógrafos. A autora Patricia Barbosa – de “As Mais” – também fica por ali. Fique de olho para não perder a chance de autografar seu exemplar!
Intrínseca – estande bem organizado e muito disputado. Se precisa comprar alguma livro para adolescente, lá é um bom lugar para começar a procurar.

:: Dica de compra – “Extraordinário” é exatamente isso, extraordinário! Vale muito a leitura!

 

Rocco – Quem é fã de “Jogos Vorazes” vai amar o estande da Rocco, pois do lado de fora tem um painel que grita “TIRA FOTO COMIGO!” ao trazer a frase “Eu serei o tordo”. Lindo!

:: Dica de compra – “Gata Branca”, a trilogia “Jogos Vorazes” (para quem não leu) e os de lançamento do selo Fantástica, dos brasileiros Carolina Munhóz e Raphael Draccon, “O Reino das Vozes que Não se Calam” e “Cemitério de Dragões”, respectivamente.

 

Novo Conceito – Lugar para encontrar autores brasileiros fofos demais! Impossível não destacar a simpatia da Tammy Luciano e da Lu Piras entre outras. Se você quer conhecer novos autores brazucas, dá uma passada por lá.

:: Dica de compra – “A garota mais fria de Coldtwon” e “Boneca de Ossos” são os livros da vez.

 

– Farol Literário – Editora que está aparecendo agora. O estande é bem pequeno, mas tem vários títulos sensacionais e com preços excelentes! Vale a visita.

:: Dica de compra – “Morra por Mim” ( entrevista com a autora aqui ) e “Contos de Terror” e “Contos de Suspense” além da versão em HQ de livros como “O Médico e o Monstro” e “Noites na Taverna”. Muito bons!

 

Companhia das Letras/Seguinte – Várias editoras em um só lugar. Resultado: livros para todos os gostos. O estande é muito organizado e de fácil movimentação. Nada incrível aos olhos, mas do lado de fora é possível tirar fotos em um painel inspirado na trilogia “A Seleção” usando vestidos das capas. Mico na certa, mas muito divertido!

::Dica de compra – Além da trilogia “A Seleção” (confira resenhas, entrevista e live chat com a autora aqui), você não pode ir para casa sem “Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo” e “Uma Página de Cada Vez”. Sensíveis, bem escritos e o segundo ainda é colaborativo. Imperdíveis!

Fora esses grandes estandes, vale andar com calma, procurar por novidades e bons preços. O estande da Saraiva é um gigante no meio da Bienal e vale, além das ofertas, para ser um ponto de referência.

Melhor horário para visitar? Durante a semana em qualquer horário, mas preferivelmente depois das 16h. É tranquilo, não tem visita escolar nem correria. Dá para ver tudo sem desespero e conseguindo transitar. No final de semana, impossível respirar!

 

Considerações finais:

 

– Comida – A Bienal é feita de filas. Fuja dos horários de pico para comer alguma coisa. Leve lanche leve na mochila e tente comer algo por lá fora do horário de almoço. As filas serão menores.

 

– Água – O clima está muito seco em São Paulo e beber muita água é essencial. Leve sua garrafa de casa para garantir!

 

– Banheiro – A fila do banheiro feminino – em todos os cantos da Bienal – era tão longa quanto de autógrafos! Então não espere até o último minuto!

 

– Guarda-volumes – Tem e custa R$ 15! Use se necessário e evite malas de rodinhas porque são horríveis para transitar na Bienal. Se precisar usar por causa da quantidade de livros, tente fazer as compras e deixá-la no guarda-volumes para evitar perambular com ela. Os pés dos colegas agradecem.

 

– Ingresso – Compre antecipadamente e evite uma fila GIGANTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *