Sim, claro

Dia desses eu assisti a um TED com a Shonda Rhimes (DIVAAAA!) em que ela falava sobre o ano que decidiu dizer “sim” para tudo que a assustasse. Ela inclusive escreveu um livro sobre isso, O ano em que disse sim (tem resenha aqui no Cheiro de Livro, siiim!), relatando como foi encarar o desafio e […]

Nas ruínas da Terra – parte 1

Tudo aquilo que chamamos “casa” desmorona.   A tecnologia – a ciência, o tão desejado “progresso”, o excesso, a desmesura do consumo – se revela, mais uma vez, como o campo no qual inscrevemos algumas ansiedades, angústias e medos. Não se trata de um embate entre fobia e filia, entre atualizações e permanências. Trata-se, em […]

Aplicando lógicas

  A primeira palavra é sempre a mais difícil, depois que a gente começa, flui. Recentemente, durante um almoço muito especial com um amigo querido, ele me disse que a gente passa muito tempo ali tentando segurar a represa, desesperado para não vê-la ruir, e, às vezes, quando ela rompe e nos carrega junto é […]

Sobre ler mais do que livros

Já disse aqui mais de uma vez que a quantidade de notícias que leio ganham e muito da quantidade de páginas literárias. Tento sempre ter uma leque variado de fontes, como diz o Ian Bremmer do Eurasia Group “Se você não está seguindo algumas pessoas que você discorda, você está fazendo isso errado”, concordo muito […]

The Power

O que aconteceria se a estrutura de poder da sociedade patriarcal se invertesse? É com base nessa premissa que se constrói “The Power”, romance distópico da inglesa Naomi Alderman, premiado com o Baileys Women’s Prize for Fiction deste ano. O livro é o quarto da autora e foi resultado de um ano que esta passou […]

Da importância dos monstros – parte III

“Uma gigantesca onda se avoluma no horizonte, bloqueando o sol e ameaçando qualquer frágil conquista, liberdade ou possibilidade de existir e lutar. A sexualidade será, então, violentamente encerrada. Será expulsa de todos os corpos. A nova família conjugal a destruirá. E a absorverá, inteiramente, na seriedade da função de reproduzir. Em torno do sexo, se […]

Quando a procrastinação é produtiva

  Procrastinação, segundo o dicionário do Google: substantivo feminino ato ou efeito de procrastinar; adiamento, demora, delonga. Quem nunca? Apesar de me surpreender com a nossa, minha principalmente, capacidade de adiar tarefas e obrigações, eu me surpreendo muito mais com a minha cara de pau em transformar procrastinação em material bruto. Em outras palavras… eu […]

Esse é o meu povo

Mochilas pesadas, malas, câmeras, sorrisos e olhos brilhando: por todos os pavilhões da Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro, foi isso que eu vi. Críticos podem dizer que jovem não lê, que youtubber é que faz sucesso, que ninguém compra livro. Críticos vão criticar, mas quem é fã, quem é leitor já está […]

Livros musicais

Nada é mais complicado do que escrever uma coluna em plena a Bienal. Toda a nossa energia está focada lá no Riocentro e seus três pavilhões de livros, eventos, bate-papos e autógrafos. Não dá nem para falar sobre o nosso evento lá uma vez que a coluna está sendo escrita antes dele acontecer. Fiquei pensando […]

Da importância dos monstros – parte II

Imaginar-se outro é um exercício – desfazer as formas, os limites, levantar os véus que nublam a percepção e deixar-se afetar. A produção de alteridade passa por um deslocamento do self, do núcleo que supomos estável e essencial – ‘deslocamentos’ são movimentos tectônicos, vorazes, fractais – atravessar espelhos e comer cogumelos – produzir vulcões e […]

Entre eco e bolhas literárias

Tá faltando lógica, compreensão, empatia, pensamento crítico e tá faltando leitura. É aquela velha ladainha: se você não lê, fica à mercê da visão (muitas vezes viciada) de terceiros e o que sobra é o eco de interpretações equivocadas. É bem óbvio por que estamos todos com raiva. E é tão intensa que a gente […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo