A Chama Dentro de Nós

Tive a oportunidade de conhecer a autora americana Brittainy C. Cherry quando ela veio ao Brasil para lançar “Sr. Daniels” (que é um espetáculo! Confira a resenha aqui). Em 2017, recebi o convite da The Gift Box para mediar o bate papo com a autora no Rio de Janeiro no evento The Gift Day de Natal. Ao aceitar o convite – ÓBVIO -  lá fui eu ler os outros três livros da série Elementos, pois o primeiro eu já tinha amado (a resenha de “O ar que ele respira” está aqui).

O que acontece é o seguinte: eu tinha lido as sinopses dos livros dessa série antes de receber o convite e estava esperando o lançamento do quarto volume, pois era essa a história que me interessava. Mas como ainda tinham dois pela frente antes do lançamento, mergulhei na escrita da Brittainy novamente.

O bom da série é que são quatro livros, quatro elementos, quatro histórias, mas todas totalmente independentes. Ou seja, se você quiser ler só alguns ou todos fora de ordem, pode! Recomendo deixar o segundo – “A chama dentro de nós” – por último, pois, na minha opinião, ele é o mais triste. Calma que o amor sempre vence no final. Afinal, é de Brittainy que estamos falando. Mas já estou atropelando a ordem das ideias!

O segundo livro da série Elementos chama “A chama dentro de nós” e o original é “The fire between High and Lo”. Aqui o High e Lo são apelidos dos protagonistas, pois a história – como todas dessa série – é contada alternando os pontos de vista entre os dois personagens principais.

Logan e Alyssa são amigos desde sempre. Ela vem de uma família rica, porém complexa, com um pai ausente e omisso, uma mãe controladora e uma irmã que, assim como ela, sofre as consequências dessa estrutura. Já Logan (carinhosamente chamado de Lo por Alyssa) é filho de um traficante, sua mãe é drogada e seu meio-irmão é o único que realmente se importa com ele. Logan – que cozinha muito bem e adora documentários – também sofre de dependência química e esse é um dos temas explorados no livro.

Os dois são melhores amigos e essa amizade cresce e se transforma em amor. Lindo se não fosse trágico. Não quero entrar em spoilers aqui, mas a leitura não segue tranquila. São muitos os obstáculos que esses dois enfrentam para conseguir ficar juntos e até quando as coisas parecem melhorar, elas pioram. Dói, incomoda, mas também é real na tristeza, no sofrimento e na beleza, na amizade, na cumplicidade. Melhor personagem? O irmão de Logan, com certeza! Ah, só para avisar, tem cenas picantes, tá? Então, tenham isso em mente!

“A chama dentro de nós” é um romance que queima o leitor que se envolve com a história e, como estamos falando da Brittainy, é impossível não se envolver! Então não digo que é uma leitura leve e romântica. Nenhuma da série Elementos é. Mas todas valem a pena no final.

Compre aqui:

Submarino01 Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: