Fic – porque a fanfiction está dominando o mundo

Um mergulho praticamente acadêmico no mundo das fics.

“Criar a própria história, os próprios personagens, é uma delícia! Mas muita gente (eu sou uma!) é tão apaixonada por histórias já escritas que é impossível não imaginar outros finais, criar novos personagens ou “casar” personagens existentes. Rola também escrever fics sobre filmes, seriados de tv e até bandas. Bem-vindo ao mundo maravilhoso das fanfictions, no qual tudo é possível (tudo mesmo) e ninguém julga (muito)!”

Esse pedaço aí em cima é do meu livro “Sou fã! E agora?” (Editora Seguinte) e escolhi colocá-lo aqui para explicar o que é a fanfic. No meu livro, explico um pouco sobre as fics, o que são, como funcionam e a relação delas com os fãs e muito mais. Mas o fenômeno é digno de estudo e é exatamente isso que resultou em outro livro intitulado “Fic – Por que a fanfiction está dominando o mundo” de Anne Jamison (Editora Rocco). Nele, a autora faz um verdadeiro tratado sobre o assunto, com inúmeros estudos de casos e entrevistas. Impossível não estar na minha estante ou na de qualquer um fanfiqueiro, né?

Em “Fic”, Anne conta com outros colaboradores em um livro que destrincha a fanfiction. Eu vejo a fic como sendo uma maneira de o fã desenvolver seu próprio conteúdo exercendo a criatividade e desabafando suas frustrações ou vontades não correspondidas no cânon (como exemplifiquei no início desse texto). Mas essa criação “emprestada” cresceu tanto que gerou conteúdos originais que, por sua vez, passaram a gerar mais fics! É um ciclo virtuoso de criação e envolvimento do fã que precisa sim ser estudado e acompanhado. E é isso que “Fic” faz.

O livro é dividido em partes e cada uma contém entrevistas, estudos de caso e exemplos do movimento fandômico e fanfiqueiro. A linguagem, embora seja clara, é muito acadêmica e quem não é “iniciado” no mundo de fics ou não tem intimidade com esse tipo de criação literária pode se sentir um pouco intimidado ou distante (dica: leia “Sou fã! E agora?” primeiro e “Fic” na sequência. Hehehe). Já para a galera já vacinada, é um convite a pular e examinar esse mundo.

Já era a época na qual fãs eram definidos como aquelas pessoas histéricas que gastam muito dinheiro e seguem cegamente algum ídolo. Tudo bem que a gente continua gastando dinheiro com memorabília e um gritinho ou outro escapa de vez em quando, mas o fã é gerador de conteúdo, é responsável por propagar a cultura. O fã é um entusiasta da arte alheia e a fanfiction é um dos mais puros resultados dessa admiração.

Fiquei muito contente em ter recebido esse exemplar da Editora Rocco para resenhar. “Fic” é um excelente livro de referência para quem quer estudar esse movimento e é o tipo de exemplar que vai contar com inúmeros post-its para ser revisitado periodicamente. Eu anotei bastante e descobri informações muito interessantes, entre elas que uma autora que adoro – Rachel Caine – escreveu fanfiction! Ao ler, imaginei aqueles documentários sobre fãs, sabe? Seria bárbaro ter um sobre “Fic”! Fica a dica, Netflix!

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: