Herdeiros de Drácula

Eu AMO contos, ainda mais se for de terror, então a antologia “Herdeiros de Drácula” (organizada por Richard Dalby, traduzida por Flora Pinheiro e Mariana Kohnert, e editada pela HarperCollins Brasil) caiu como uma luva para mim!

Com capa dura e 25 contos sobre vampiros – dos tradicionais aos que sugam energia – “Herdeiros de Drácula” comemora 120 anos de publicação de “Drácula” de Bram Stoker. Os contos foram escritos entre 1867 e 1940 por autores igualmente geniais, como Sir Arthur Conan Doyle e M.R. James, o que torna o livro ouro para os amantes do gênero!

Um dos contos – que está na coletânea, mas que eu já tive a oportunidade de ler anteriormente – considero absurdamente macabro. Intitulado “O travesseiro de penas”, de Horacio Quiroga, o conto é extremamente curto, mas te fará comprar travesseiros novos. É sério!

Claro que adoro aquele vampiro gatão e sedutor, e tenho uma queda pelo que brilha no sol, mesmo achando isso cafona demais. CALMA! Os vegetarianos não estão nesse livro! Mas o vampiro que me tira o sono mesmo é o que suga energia. A razão para tal é porque é o único que eu realmente conheço fora da página. E você provavelmente também!

Tem algumas pessoas que conheço – na vida pessoal e profissional – que simplesmente me sugam a energia. É só ficar um tempinho além da conta na sua presença e me sinto fraca, como se estivesse sem me alimentar há muito tempo. Você já se sentiu assim? Se a resposta for positiva, significa que sobrevivemos ao ataque de vampiros de energia.

Acho que essa vampirada nem faz por mal ou intencionalmente, sabe? Só que são assim: sanguessuga de energia boa. E alho ou crucifixos não os afastam! O negócio é achar nossas próprias maneiras de nos “blindar” e seguir a vida. Somos praticamente Van Helsings da era moderna! HA!

Para quem curte terror ou quer mergulhar nesse mundo, mas está com medo de começar por um romance inteiro, comece pelos contos de “Herdeiros de Drácula”. Você pode até vir a dormir de luz acesa, mas não vai se arrepender!

Um pensamento em “Herdeiros de Drácula”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: