Muito Além do Inverno

 

sexta-literaria-header-2-1

“No meio do inverno aprendi, finalmente, que havia em mim um verão invencível” (Albert Camus)

Inspirado na famosa citação de Camus que lhe serve de epígrafe, Muito Além do Inverno é o mais novo romance do fenômeno Isabel Allende. A autora chilena, que sempre começa a escrever no dia 8 de janeiro desde 1981, é considerada atualmente a escritora mais lida de língua espanhola. Com seu feminismo mágico, intercalando elementos fantásticos, histórias de mulheres fortes e fatos históricos vividos por ela mesma e sua família, Allende conquistou uma legião de fãs pelo mundo. Então não é de surpreender que o lançamento de Muito Além do Inverno fosse aguardado com alguma ansiedade.

muito além do inverno

A trama entrelaça histórias de três protagonistas muito distintos através de um acidente de carro aparentemente sem gravidade. Tudo começa quando, no meio de uma tempestade de neve em Nova York, Richard Bowmaster, um acadêmico de 60 anos que vive uma vida milimetricamente controlada e sem surpresas, bate na traseira do carro dirigido por Evelyn Ortega, uma jovem imigrante ilegal da Guatemala que trabalha na casa de um gângster. Ao ver Evelyn aparecer desesperada em sua porta pedindo ajuda, Richard recorre a Lucia Maraz, sua inquilina chilena de 62 anos que trabalha como professora na mesma universidade que ele.

O momento de crise iniciado com o pequeno acidente automobilístico catalisa uma série de revelações sobre a trajetória das três personagens que vão levar a transformações radicais na forma como levam a vida.

Ao tocar em questões muito pertinentes como direitos humanos e a situação de imigrantes e refugiados, o livro acerta em cheio. Os flashbacks sobre a vida das personagens são especialmente fortes e conseguem cativar com sucesso o interesse do leitor. Descobrimos que Richard vive em perpétuo estado de penitência por acontecimentos passados que poucos teriam a capacidade de superar; o mistério de Evelyn se revela nas torturas inimagináveis pelas quais passou; e Lucia por sua vez traz muito da história pessoal de Allende, tendo que se exilar durante a ditadura sangrenta que lhe tirou o irmão e a deixou com a permanente sensação de ser estrangeira em seu próprio país. A princípio parece que estamos diante de uma das histórias mais poderosas de Allende.

Mas infelizmente o livro promete muito e entrega pouco. O artifício usado para enredar as histórias dos três protagonistas não convence. O desenvolvimento do romance entre Richard e Lucia também parece abrupto e não flui naturalmente. A pesada carga dramática depositada nas trajetórias das personagens acaba se mostrando excessiva para os poucos momentos de alívio cômico, o que frustra muito o leitor habituado com a leveza com que Allende habitualmente consegue tratar da tragédia humana. E a falta do característico realismo mágico também se faz sentir.

Em suma, Muito Além do Inverno é uma bonita representação do momento gélido pelo qual o mundo passa atualmente, porém não chega aos pés de trabalhos anteriores da autora como Paula ou Eva Luna.

Compre aqui:

Submarino01 Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: