Não Fale Com Estranhos

não fale

Adoro os livros de Harlan Coben, pra mim, eles são a versão policial da Nora Roberts, ou seja, não são surpreendentes, não trazem nenhuma grande inovação estilística e mesmo assim são ótimos de ler. Uso a obra de Coben para relaxar a cabeça e normalmente em duas sentadas já li tudo. Em “Não fale com estranhos” foi um pouco diferente, demorei para engrenar, o ritmo não me pegou e mesmo assim foi uma ótima leitura.

A premissa, como sempre é em uma obra de Coben, é intrigante: um desconhecido aborda Adam em um bar e conta um segredo de sua mulher. É daí que a trama se desenrola, a busca de Adam pela verdade, os motivos que levam o estranho a abordar pessoas aleatórias e contar segredos que podem destruir suas vidas e todas as consequências que isso gera.

“Não fale com estranhos” é um livro sobre consequências. Segredos são revelados e as consequências dos segredos e, principalmente, o que acontece com as pessoas que os revelam é a linha mestra de todo o livro. É um tema interessante e mesmo assim tive sérios problemas de engrenar a leitura, nada daquilo me encantava, tive que insistir para, do meio para o final, entrar em um bom ritmo.

Levantei uma hipótese de porque tive uma certa dificuldade de embarcar na história logo de cara, algo que sempre acontece com obras de Coben. Acredito que o arco de história de Adam e Corine é meio chato, fica sem explicação plausível até o final (isso não conta como spoiler) e não é envolvente como narrativa. O arco paralelo, o das pessoas que revelam segredos, é igualmente mal explicado. Com isso o livro fica meio capenga, como se pudesse ser melhor com umas 100 paginas a mais aprofundado um pouco mais essas duas historias.

Esse não foi o melhor Coben que li e mesmo assim o livro cumpriu o seu papel de descansar a minhas cabeça saturada de leituras bem mais profundas. É um policial só mediano que entrega o que promete.

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Livraria Cultura

Blog-parceiro-Arqueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *