O Ar que ele Respira

Não, não é livro de mulher venerando home. Lê a resenha que eu explico tudo.

Sabe aquele livro que você leu, mas não se sentiu preparada para escrever a respeito? Tudo bem, eu tenho uma lista de exemplos e “O ar que ele respira” é um deles.

Conheci a autora Brittainy C. Cherry porque ela veio ao Brasil lançar “Sr. Daniels”. Graças a Deus que eu fui – mesmo no dia dos namorados – buscar o autógrafo dessa maravilhosa, porque se você não leu “Sr. Daniels”, LEIA. Tipo, AGORA! É maravilhosamente delicioso! Tem resenha dele aqui.

Continuando! Recebi “O ar que ele respira” por ser colunista do Blog da Galera Record (olha só como tem tempo isso!) e li. E me apaixonei de novo pela escrita da Brittainy! Fato que tudo que essa mulher publicar vai parar na minha estante.

Em “O ar que ele respira” conhecemos Elizabeth e Tristan, nossos narradores. Elizabeth perdeu o marido em um acidente há um ano e depois de passar esse tempo na casa da mãe, resolve voltar para a sua cidade e retomar a sua vida. Fato que não é fácil, já que ela tem uma filha pequena e é preciso ser forte por ela.

Mas Elizabeth volta para a sua casa que agora tem como vizinho o “bad-man-perigoso-misterioso-lindo”. Grande, forte e grosseiro, Tristan é tudo que Elizabeth não precisava na sua vida. Mas o destino é assim mesmo, né? Zoa a gente o tempo todo e ri na nossa cara. Cretino…

Enfim, ela tem esse passado que é conhecido pela cidade, cidade essa que é pequena, logo, é lar de mentes pequenas. E o que mentes pequenas adoram fazer? Fofocar e julgar a vida alheia. Parabéns, leitor! Você ganhou dois pontos!

Elizabeth é daquelas almas boas em corpo cheio de atitude. Tristan tem atitude em tudo e por trás dela esconde também um passado repleto de sofrimento. Enquanto ela pede ajuda, ele nega. Enquanto ela fala sobre o que sente, ele quer esquecer. Então, aos poucos – em uma narrativa intercalada – vamos conhecendo os personagens e acompanhamos o relacionamento entre eles.

Relacionamento esse que tem momentos HOT. Fiquem ligados!

Mas o amor não é só carnal, claro. Afinal, é de Brittainy C. Cherry que estamos falando! Ela consegue equilibrar uma narrativa delicada, com personagens bem construídos, reviravoltas na trama de deixar a gente tonta (e atacada, para não falar outra coisa), cenas picantes (de forma não gratuita) e o amor. Sim, o amor é matéria-prima para a autora e, por mais que possa parecer piegas e “batido”, é essencial para todos nós também.

Se você quer ler algo que vai prender sua atenção, derreter seu coração, arrancar lágrimas e renovar sua esperança no amor (porque sim, ele consegue conquistar tudo!), leia “O ar que ele respira”.

O livro é o primeiro volume da série “Elementos” que, até o momento, é uma trilogia. Cada livro vai narrar a história de um casal diferente e o segundo – “A chama dentro de nós”- já está em pré-venda e será lançado em fevereiro. CORRE!

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Livraria Cultura

Um pensamento em “O Ar que ele Respira”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: