O Escaravelho do Diabo – o filme

escaravelho - livro“O Escaravelho do Diabo” é um clássico da literatura infanto-juvenil nacional. A história de Lucia Machado de Almeida foi primeiramente publicada em capítulos na revista O Cruzeiro em 1953 e depois inaugurou a Série Vaga-Lume em 1972 já organizado em forma de livro. A história ganha agora um terceiro formato: o cinema.

A adaptação de Ronaldo Santos e Melanie Dimantas é apenas inspirada na história original, muito foi mudado dos assassinatos e na relação de Alberto com Veronica e Raquel. A pior parte da adaptação e a ideia de que porque é um livro infanto-juvenil o protagonista precisa também ser adolescente. Com isso pega-se o Alberto do livro, um estudante de medicina, e o coloca como uma menino de 13 anos. Se no livro já era difícil de acreditar na participação de Alberto nas investigações ele como criança fica ainda mais difícil. Beto entrando na sala do delegado e mostrando os erros da investigação da policia é simplesmente inverossímil. Ronaldo e Melanie acertam na atualização da história, o menino Alberto joga videogame, usa celular, usa a internet para desvendar parte do mistério e isso funciona, ainda mais com a opção de transformar o protagonista em um adolescente.

Se há algo que não faz o menor sentido do livro é a razão para o “inseto”, nome infelizmente abandonado no cinema, assassinar ruivos. A solução encontrada no filme tem um quê de caso de “Criminal Minds” ou “CSI”, alias a referencia ao clássico seriado americano é ótima no filme. O mostrar a razão dos crimes deixa a desejar, tenta fazer um mistério mas que não funciona muito bem, o filme é concebido como uma aventura juvenil e isso atrapalha, a história é mais para um policial violento e tudo fica pelo meio do caminho e acaba não encontrando um ritmo adequado.

O filme “O Escaravelho do Diabo” fica aquém da minha memória infantil de leitora e ao mesmo tempo é uma alegria ver a história nas telas, ainda mais sabendo que outros livros da coleção Vaga-Lume serão adaptados.

2 comentários sobre “O Escaravelho do Diabo – o filme

  1. Cheiro de livro …Muito pertinente suas colocações quanto ao filme, também gostei dessa relação que você estabeleceu entre o livro e o filme …Claro que assim como vc, leitora ávida da série Vagalume na fase da infância e pré adolescência eu considero que este livro em especial é um tanto quanto nostálgico e memorável para mim … Tanto que este mês estou seriamente cogitando selecionar ele como proposta de leitura #abrilprofessorquemlê para meus alunos de sétimo ano , já que a proposta de abril é um livro de meus tempos de escola … Você recomendaria a leitura e o filme para fecharmos ??!?

    1. Daniela, recomendo ler antes e depois ver o filme. São meios diferentes e é sempre interessante ver como algo que saiu das páginas vai parar no cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *