O sol é para todos ganha sequência

Header Sebo

Existem livros que marcam, deixam cicatrizes profundas após a última página virada. Eu tenho três livros que fizeram isso comigo e que considero como minha “divina trindade literária”. Amo muitos livros, mas esses três específicos me formaram como leitora no sentido de me fazerem entender conflitos de personagens como se fossem meus. Um desses livros é “O sol é para todos” de Harper Lee, que está para ganhar uma sequência em julho!

O livro é considerado um clássico da literatura americana, sendo lido até hoje nas escolas – lugar onde o descobri. Foi publicado na década de 1960, quando o racismo era um problema ainda maior do que é hoje, mas como meio século se passou e esse câncer social persiste, a justiça e garra de seus personagens continuam sendo um farol moral nos dias atuais.

Harper Lee

“O sol é para todos” é o tipo de livro que muita gente conhece pelo filme clássico, em preto e branco, estrelado por Gregory Peck no papel de Atticus Finch, um advogado correto e pai da menina Scout, a nossa protagonista. Muitos também ouviram falar do livro por meio de listas de clássicos. Mas nem todos que conhecem o livro efetivamente o leram. Se este é o seu caso, leitor, resolva-o o quanto antes. Me agradeça depois!

Em “O sol é para todos”, acompanhamos três anos da vida dos jovens Jem e Scout em uma América de profundo preconceito racial em 1930. A história é pontuada pelo caso de um homem negro injustamente acusado do estupro de uma garota branca em uma pequena cidade do Alabama. Hoje em dia pode parecer “lugar comum” uma história dessas, mas quando publicado, o livro foi alvo de polêmica o que o levou a ser banido de muitas escolas e bibliotecas (tornando-o assim ainda mais atraente!). “O sol é para todos” foi ligeiramente baseado nas próprias experiências da escritora.

Baseado ligeiramente nas próprias experiências de Harper Lee, o livro traz a infância “pé no chão” de maneira incrível! Brincadeiras simples, sonhos distantes e visão honesta de uma criança que não vê a diferença de cor de pele, mas a bondade (ou falta dela) no coração das pessoas estão nas páginas escritas por Lee. Hoje, vários livros fazem menção a “O Sol é para todos” ou ao colocar o livro como sendo a leitura escolhida de algum personagem ou nomeando personagens em homenagem. Todas muito merecidas!

Harper Lee escreveu uma única história em sua carreira literária e essa foi “O sol é para todos”. Hoje, com 88 anos, a autora vive em uma casa de repouso, de onde comunicou ao mundo que Scout voltará para as páginas e eu quase enfartei! “Go set a watchman”, ainda sem título em português, será a continuação de “O sol é para todos” e se passa nos anos 1950, trazendo as mesmas personagens, só que 20 anos mais velhas.

O livro foi escrito antes do “O sol é para todos”, mas ao mostrar o manuscrito para seu editor, a então jovem autora, Harper Lee, obedeceu quando este a informou que se encantara com os flashbacks de Scout e que gostaria de conhecer a protagonista em sua infância. Assim nasceu um clássico! E estamos prestes a conhecer a sequência que deu origem a essa incrível obra. Ela será publicada em julho, com direito a uma nova edição de “O sol é para todos” pela editora Record.

Harper Lee acreditava que seu manuscrito havia sido perdido e ficou muito contente ao saber que sua advogada e amiga o tinha encontrado. Ela revisou e consultou um grupo de amigos que concordaram que o material deveria ser publicado. “Go set a watchman” tem 304 páginas (no original em inglês) e será publicado tal como foi escrito, sem revisões.

Curiosidade: Harper Lee era amiga de infância de Truman Capote, autor de “A sangue frio”. Lee escreveu um dos personagens de “O sol é para todos” com base em Capote e o acompanhou em suas viagens para recolher informações para escrever “A sangue frio”. Só isso já vale outra história, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *