Chick lit não é sinônimo de bobagem

Toda forma de entretenimento tradicionalmente voltada para o público feminino é alvo de desprezo e ridicularização generalizados: tanto por parte dos machistas, que não podem arriscar sua masculinidade assistindo a uma comédia romântica, quanto de muitas fiscais de carteirinha feminista, que querem tirar a credencial de qualquer mulher fã de Crepúsculo. É claro que isso […]

A Caça

Olha só, esse livro estava na minha lista antes de eu saber que seria publicado aqui pela Editora Arqueiro (traduzido por Alves Calado). Eu li, adorei, mas embora seja fácil de sacar pela sinopse do que se trata, vou usá-la na resenha para evitar contar spoilers. Mas relaxa que tem mais sobre o livro (sem […]

Utopia

Nesse mês que o Cheiro de Livro dedica às distopias, achei que primeiramente precisava voltar ao início, à Utopia. Não só como conceito de sociedade perfeita, mas ao livro mesmo publicado em 1516 pelo filósofo renascentista e conselheiro de Henrique VIII, Thomas More. Pra isso conto com uma ajudazinha de China Miéville e Ursula K. […]

O Artista da Faca

Quando fui ao cinema para ver “Trainspotting” pela primeira vez, lá no fim da década de 1990, eu não tinha ideia de qual seria minha experiência e hoje, quase 20 anos depois, ele apenas não é um dos meus filmes favoritos, como Irvine Welsh se tornou um dos autores que acompanho a carreira avidamente, livro […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo