Palácio de Inverno

A primeira vez que ouvi falar do John Boyne foi com o seu best seller “O Menino do Pijama Listrado”, o livro ficou rodando na minha casa, fui ver o filme e nada de pegar o livro para ler, acabei desistindo. “Palácio de Inverno” estava indo pelo mesmo destino, estava na minha estante há tempos e nada me fazia pega-lo para ler até que comecei a folhear as páginas e não consegui mais larga-lo.

“Palácio de Inverno” é a história de Georgui Jachmenev, um jovem camponês russo, e como ele sobreviveu a revolução russa e tornou-se um refugiado na Inglaterra. Tudo é contado em dois tempos, o presente, que no caso é 1981, e o passado na Rússia. Os capítulos se intercalam entre esses dois tempos e vão formando a historia da vida de Georgui e sua mulher Zoia. O livro é, de certa forma, uma grande historia de amor que guarda um segredo, um segredo meio fajuto a meu ver, descobri na segunda página, mas mesmo assim, um segredo que perpassa todo o livro.

Eu adoro um romance histórico e ver a revolução russa de dentro do palácio me seduziu. A construção da opulência em que vivia o czar, de como a família real não tinha nenhuma noção do que realmente acontecia em seu país é só pano de fundo e é bem construído. Em tempos de crise migratória na Europa é interessante ver o preconceito que Georgui e Zoia sofrem na França depois da primeira guerra mundial e na Inglaterra durante a Segunda Guerra. O diferente causa medo e preconceito desde sempre e Boyne nos mostra um pouquinho em algumas páginas.

É um bom livro, um bom romance histórico que envolve o leitor, mesmo eu que não tenha me surpreendido  em nada com o grande segredo. Boyne me conquistou já nas primeiras páginas e agora estou decidida a ler seus outros livros.

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: