Sete filmes modernos baseados em clássicos

Ver nossos livros favoritos virarem filmes ou séries é sempre divertido. Mas e quando aquele livro clássico, que guardamos no coração, ganha uma versão moderna, que faz a gente pensar, e se o Mr Darcy vivesse no nosso tempo? Felizmente alguns filmes fizeram isso por nós e aqui estão sete exemplos que deram tão certo, que a gente não cansa deles:

As Patricinhas de Beverly Hills (Clueless, EUA, 1995):

Baseado em Emma de Jane Austen, esse é um filme delicioso sobre Cher (Alicia Silverstone), que mora com seu pai, um bem sucedido advogado, em Beverly Hills. Cher, assim como Emma, adora se meter na vida dos outros, que acredita estar ajudando, quando na verdade deveria prestar mais atenção na própria vida. Além de uma trilha sonora ótima, o filme também apresentou Paul Rudd ao mundo.

O Diário de Bridget Jones (The Bridget Jones Diary, Reino Unido, 2001):

Baseado em Orgulho e Preconceito, também de Jane Austen, O Diário de Bridget Jones vem de uma série de livros de sucesso que também virou uma série de filmes de sucesso. Uma comédia romântica que brinca com os personagens criados por Austen, onde Bridget (Renée Zellweger) é uma mulher solteira em busca de um amor e um emprego melhor. Ela acaba se envolvendo com seu chefe canalha, Daniel Cleaver (Hugh Grant), mas logo começa a se interessar pelo virtuoso Mark Darcy (Colin Firth).

10 Coisas que Odeio em Você (10 Things I Hate About You, EUA, 1999):

Baseado em A Megera Domada de Shakespeare, esse filme é pra guardar pra sempre no coração e rever sempre que puder (ok, acho que todos aqui da lista). Cameron (Joseph Gordon-Levitt, começando sua carreira), se apaixona por Bianca (Larissa Oleynik). Mas Bianca só pode namorar se sua irmã mais velha, Kat (Julia Stilles), também tiver um namorado. O problema é que Kat não se interessa por garotos de forma alguma, além de repelir qualquer um que tente se aproximar dela. Mas Cameron acha a solução para os seus problemas em Patrick (Heath Ledger), um bad boy que não tem medo de Kat e aceita o desafio.

Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies, EUA, 2013):

Baseado em Romeu e Julieta de Shakespeare, esse filme também vem de um livro que parte de uma premissa completamente inusitada. Nele, “Romeu” é um zumbi e “Julieta” uma humana. Num futuro pós-apocalíptico, um zumbi, R, (Nicholas Hoult) começa a ter pensamentos e emoções após comer o cérebro de um rapaz. Por puro instinto e sem entender o que está acontecendo, R salva Julie (Teresa Palmer), namorada do rapaz morto e acaba se apaixonando por ela. Julie percebe que R tem vontade de voltar a ser humano e acaba se apaixonando pelo Zumbi também.


Segundas Intenções (Cruel Intentions, EUA, 1999):

Baseado em Ligações Perigosas de Pierre Choderlos de Laclos, esse filme virou super cult e com razão, porque além de contar uma história cheia de intrigas e sedução, também ajudou a consolidar a carreira de vários atores que se tornaram queridos na época, como Sarah Michelle Gellar, Ryan Phillippe, Selma Blair e ainda lançou a carreira de Reese Whiterspoon. A corte francesa vira a alta sociedade nova iorquina onde Kathryn (Sarah Michelle Gellar) e seu meio-irmão Sebastian (Ryan Phillippe) gostam de jogar entre si seduzindo e corrompendo as pessoas que conhecem, até Sebastian conhecer e se apaixonar por Annette (Reese Whiterspoon).


A Mentira (Easy A, EUA, 2010):

Baseado em A Letra Escarlate de Nathaniel Hawthorne, Olive (Emma Stone) mente para sua melhor amiga, Rhiannon (Aly Michalka) sobre um encontro que teve no fim de semana para não ir acampar com a família da amiga. Ao elaborar a mentira, Olive conta que perdeu a virgindade para um universitário. A mentira de Olive é ouvida pela puritana Marianne (Amanda Bynes) o que desencadeia uma rede de fofocas no colégio das meninas. A mentira de Olive ganha proporções enormes, que resolve aceitar seu estigma de piranha da escola e passa a usar uma letra “A” presa na roupa.


Roxanne (EUA, 1987):

Baseado em Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand, Charlie (Steve Martin) é o Chefe do Corpo de Bombeiros da pequena Nelson. Ele é carismático e muito querido por todos, mas tem um nariz enorme, o que o torna completamente consciente de que não é atraente para as mulheres. Roxanne (Deryl Hannah) se muda para a casa do lado e logo Charlie se interessa por ela, mas tem vergonha de demonstrar seu interesse e passa a ajudar outro bombeiro, Chris (Rick Rossovich) a conquista-la, principalmente porque Chris é do tipo atlético mas não muito esperto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
%d blogueiros gostam disto: