Fantasmas – parte II

§ {sequência da primeira parte – leia aqui} §   O portão estava descascado e enferrujado. Ele segurou, sentindo a ferrugem nas palmas das mãos suadas, e empurrou até onde conseguiu; cruzou o breve jardim que o separava da porta principal. Não tem ninguém, você sabe. Ninguém veio. Tá tudo apagado e você pode ir […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo