Tipos Incomuns

Tom Hanks como autor, é um ótimo ator, é a frase que melhor define seu livro de estreia: Tipos Incomuns (Editora Arqueiro, 2017, traduzido por Rachel Agavino). São 17 contos sobre pessoas comuns na visão de um astro de Hollywood que parece ter parado de consumir qualquer tipo de expressão artística desde os anos 1960.

Tudo começou em 2014 quando Hanks publicou o conto “Alan Bean Mais Quatro”, na revista literária The New Yorker e foi elogiado. Sem dúvida, a lúdica história sobre os cinco amigos que constroem um foguete no quintal e conseguem chegar a lua, é a melhor história que compõe o livro, talvez a única realmente boa.

Entre os contos há interseções de um jornalista fictício, Hank Fiset, que tem dificuldade para migrar do jornal de papel para a internet. Fiset parece ser quase um alter ego de Hanks, que escreveu todos os contos em uma antiga máquina de escrever. O ponto é, nada contra a máquina de escrever, a mentalidade de Hanks como autor, a visão que ele tem do mundo é extremamente antiga, machista e recheada de clichês.

Todas as personagens femininas no livro são definidas por suas qualidades físicas, todas são belas, voluptuosas e sexys. Nenhuma parece ter uma função além de ser um belo objeto de cena para o protagonista masculino. O que dá a impressão que Tom Hanks se recusa a vir para o Século XXI, que ele está preso a uma ideia de mundo que não existe mais. Curiosamente ele dedica seu livro a sua esposa, a atriz Rita Wilson, que tem uma voz bem ativa em Hollywood, e à Nora Ephron, que foi uma grande diretora e roteirista e sabia muito bem como representar uma mulher em seus filmes. Aparentemente, apesar de admirar essas duas mulheres, Hanks não aprendeu nada com elas.

Por fim, concordo com um texto que li em que afirmava que o Tom Hanks escritor se assemelha ao seu personagem mais famoso: Forrest Gump, por sua visão muito particular do mundo, pelo excesso de frases clichês usadas no livro e por se recusar a enxergar o mundo como ele realmente é.

Compre aqui:

Submarino01 Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: