Vacas – Nem toda mulher quer ser princesa

“Vacas” (escrito por Dawn O’Porter e traduzido por Marina Schnoor e publicado no Brasil pela HarperCollins Brasil) traz a história de três mulheres: Tara, Stella e Cam. As três são completamente diferentes e lidam – além do machismo – com seus desafios diários. Se dissesse que essa é sinopse resume “Vacas” estaria mentindo. O livro é muito mais do que isso porque ser mulher é muito mais do que isso. “Vacas” é uma ferida aberta, é um espelho na nossa cara, é um chamado para a realidade que precisa ser lido, refletido e abraçado.

Ler “Vacas” foi extremamente incômodo pra mim. Justamente por isso, agradeço a cada página. Me identifiquei em diversos momentos com as três personagens: senti a angústia quando me julgam sem me conhecer; a agonia quando sofro pressão absurda para ser mãe ou para ser magra ou para ser o que quer que outras pessoas querem que eu seja (menos eu!). Mas também me vi quando sou eu quem julga, quem pressiona. “Vacas” me mostrou não somente que sou uma mulher forte pacas e que não devo satisfação para ninguém, mas também que como mulher preciso abraçar minhas colegas e não julgá-las. Afinal, por que fazer com os outros o que detestamos quando fazem conosco, né?

Dawn O’Porter não mede palavras para mostrar o desespero ou o desejo, não se censura ou pensa “nossa, essa frase ficou explícita demais”. Não! Ela descreve o que precisa ser descrito, expõe o necessário e joga no ventilador para que nós, leitores, possamos dar um passo para trás, soltar um “uau!” e reavaliar nosso posicionamento. Porque grandes livros fazem isso, pelo menos comigo: me colocam para pensar, para refletir.

Se você está de saco cheio daqueles familiares que perguntam quando você vai ter filho (sendo que você não quer tê-los, mas respeita a vontade de quem quer, mesmo não tendo a sua respeitada), ou daquele colegas de trabalho que soltam aquelas piadinhas machistas, ou da internet, porque de repente todo mundo é dono da verdade menos você, leia “Vacas”. Você não precisa fazer parte de um rebanho.

Compre aqui:

Travessa Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: