Vanish

Vanish“Vanish” é o quinto livro da séria Rizzoli and Isle. Como já disse aqui comecei a ler os romances policiais de Tess Garritsen motivada pela série de TV, mesmo depois de constatar que a adaptação televisiva é um ser completamente diferente dos livros continuei a apreciar ambos. Li todos os livros da série em inglês, mas boa parte deles já foram editados no Brasil. Esse quinto livro é mais centrado em Jane Rizzoli, talvez para compensar o livro anterior, “Body Double”, que é todo centrado em Maura Isle.

O enredo, como de costume, é ótimo. O corpo de uma mulher desconhecida é trazido para o necrotério, Maura descobre que a mulher ainda está viva. A desconhecida acorda no hospital, onde Jane está internada para dar a luz, e começa uma trama com reféns, trafico de mulheres e uma boa dose de mistério.

A trama é ótima e bem contada. É verdade que depois do inicio de “Body Double”, que considero um dos melhores inicios de livros policiais que já li, Tess teria que se superar. O livro não é excepcional, mas mantem a regularidade dos demais. O grande problema do livro é que ele termina no meio da ação. Não sabemos como a parte politica da trama se resolve, é um pouco frustrante.

Para quem já leu os quatro livros anteriores o bom desse é que não é necessário saber muito sobre medicina. Nos anteriores eu dei graças a Deus por ter acompanhado 15 anos de “ER”, oito de “House” e nove de “Grey’s Anatomy”, nunca o vocabulário médico me serviu tanto. Nesse livro a parte médica dá lugar a uma trama mais policial e mais centrada nas relações familiares de Jane Rizzoli e Gabriel Dean. Esse novo foco dá mais dimensão a uma das personagens principais, Jane, o mesmo que Tess fez no livro anterior com Maura.

Para quem curte um bom policial qualquer livro da série é uma boa pedida, é possível até lê-los fora de ordem, mas na sequencia se ganha mais sobre os personagens. A série já tem dez livros lançados, “The Mephisto Club”, o sexto livro, já está pulando a fila de leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Vanish”

%d blogueiros gostam disto: