Livro como Diversão

Sou uma leitora inveterada, tenho até um site sobre livros, leio bem mais do que a média do brasileiro e tento sempre convencer pessoas a lerem mais e mais. Vivendo nesse universo literário um elemento sempre me incomodou e muito: a sacralização do livro. Aqui no Brasil existe uma ideia difundida em toda a população […]

Mulheres Sem Nome

Inspirado em pessoas e eventos reais, “Mulheres Sem Nome” é o romance de estreia da norte-americana Martha Hall Kelly. A história se inicia em 1939, quando o exército de Hitler invade a Polônia, e entrelaça as vidas de três protagonistas muito diferentes: Caroline Ferriday, uma socialite nova-iorquina que trabalha no Consulado da França; Kasia Kuzmerick […]

Frankenstein 200

Penso em Mary Shelley e nas noites que passou assombrada, talvez atormentada por visões insistentes, que retornavam madrugada após madrugada. Ela abria os olhos e ele estava lá, atrás das cortinas, os olhos amarelados como pântanos – mas não era um fantasma. Penso em Mary Shelley – quais eram seus medos? A solidão? – o […]

O Urso e o Rouxinol

Já faz um tempinho que ando meio encantada por histórias fantásticas com elementos folclóricos tradicionais de culturas do Leste Europeu (um gosto bem específico, eu sei). Adorei o universo mágico inspirado na Rússia czarista que Leigh Bardugo criou na trilogia Grisha e fiquei completamente fascinada com o feminismo sombrio de Burning Girls, uma novella sobre […]

Sim, claro

Dia desses eu assisti a um TED com a Shonda Rhimes (DIVAAAA!) em que ela falava sobre o ano que decidiu dizer “sim” para tudo que a assustasse. Ela inclusive escreveu um livro sobre isso, O ano em que disse sim (tem resenha aqui no Cheiro de Livro, siiim!), relatando como foi encarar o desafio e […]

Nas ruínas da Terra – parte 1

Tudo aquilo que chamamos “casa” desmorona.   A tecnologia – a ciência, o tão desejado “progresso”, o excesso, a desmesura do consumo – se revela, mais uma vez, como o campo no qual inscrevemos algumas ansiedades, angústias e medos. Não se trata de um embate entre fobia e filia, entre atualizações e permanências. Trata-se, em […]

Aplicando lógicas

  A primeira palavra é sempre a mais difícil, depois que a gente começa, flui. Recentemente, durante um almoço muito especial com um amigo querido, ele me disse que a gente passa muito tempo ali tentando segurar a represa, desesperado para não vê-la ruir, e, às vezes, quando ela rompe e nos carrega junto é […]

Sobre ler mais do que livros

Já disse aqui mais de uma vez que a quantidade de notícias que leio ganham e muito da quantidade de páginas literárias. Tento sempre ter uma leque variado de fontes, como diz o Ian Bremmer do Eurasia Group “Se você não está seguindo algumas pessoas que você discorda, você está fazendo isso errado”, concordo muito […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo