Mentirosos

Se você está lendo essa resenha, é porque quer saber mais sobre o livro “Mentirosos”, de E. Lockhart (Editora Seguinte). O problema é que eu não posso te contar. É um segredo que pertence somente àqueles que leram o livro. Sei que o desapontei, caro leitor, mas não quero estragar sua leitura. E se você está buscando por spoilers, seria a primeira a colocar um aviso e te deixar nadar em informações. Mas não para esse livro, não para “Mentirosos”. A razão é simples: se souber o final, se ler a última página antes de comprar o livro, não precisará lê-lo e eu terei pena de você ter perdido essa oportunidade, essa experiência que é ler essa obra da americana Emily Lockhart (mesma autora de “O Histórico Infame de Frankie Landau-Banks”). Mesmo não podendo dizer muito, também é impossível não falar sobre o livro. Então vou tentar falar o máximo sem estragar.

“Mentirosos” é um livro único – no sentido de não ter sequências e de ser singular, sem igual. Narrado em primeira pessoa – Cadence -, o livro conta a história da família Sinclair. Ricos, renomados e em decadência, os membros dessa família se prendem a tradições, não se permitem falhar, a sentir. São sempre perfeitos, principalmente durante os verões passados em sua ilha particular. O patriarca, suas três filhas e os primos Cadence, Johny e Mirren e o “forasteiro” Gat (que se intitulam “os mentirosos”), se juntam durante todo verão, desde a infância. Mas no verão de seus quinze anos, nossa narradora sofre um acidente estranho que apaga sua memória e, desde então, tudo muda. Aos dezessete, Cadence volta à ilha para tentar lembrar-se do que aconteceu.

A história poderia ser chamada de um suspense teen, mas é mais do que isso. “Mentirosos” mistura, com muita sensibilidade, intrigas dignas de “Rei Lear”, poesia, personagens igualmente odiosos e apaixonantes, amor e intriga adolescente, responsabilidades e sacrifícios, e uma voz impecável narrada por Cadence.

Ler “Mentirosos” é se render a uma narrativa poderosa, simples e complexa ao mesmo tempo. E o pior é que não é possível explicar mais do que isso sem estragar a leitura.

A dica que dou é ler e não contar o final. Mas se alguém perguntar como o livro termina …. minta.

Compre aqui:

Submarino01 SaraivaTravessaAmericanas Livraria Cultura

3 pensamentos em “Mentirosos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: