O Casal que Mora ao Lado

Um casal deixa a filha de seis meses dormindo em casa e vai para um jantar na casa vizinha, eles levam a baba eletrônica e de meia em meia hora vão olhar o bebe. Quando voltam para casa, já de madrugada e um pouco bêbados, a filha desapareceu. Essa é a premissa do ótimo livro de Shari Lapena (tradução de Márcio El-Jaick), é desses policiais que não se consegue colocar de lado e se devora em uma sentada.

“O Casal que Mora ao Lado” chegou nas minhas mãos já todo recomendado e acompanhado de expressões como “surpreendente”, “final desconcertante” e essas coisas que os amigos dizem quando querem te convencer a pular a fila e ler logo alguma coisa. Tentei moderar a expectativa e comecei a lê-lo numa manhã de sábado, 290 páginas e algumas horas depois já tinha devorado o livro. Lapena estrutura sua narrativa de forma que a cada um punhado de páginas uma reviravolta se apresente e mude o caso completamente. É impossível colocar o livro de lado, cada final de capítulo temos um cliffhanger desses de final de temporada de série, alias a narrativa toda se assemelha com as séries de tv, a agilidade, a mudança de narrador que te dá uma outra perspectiva dos acontecimentos, tudo te prende.

Anne e Marco, os pais da bebe Cora, são nossos mais constantes narradores e é pelos olhos deles que começamos a ver o sequestro. Com o passar das páginas  o detetive Rasbach começa a ganhar mais espaço e a mostrar o lado da investigação e seus suspeitos. Até o final do livro praticamente todos os principais personagens narram um pedaço da história e vão completando o caso, mas são Anne e Marco que nos guiam no emaranhado de mentiras e desconfianças.

Não posso falar muito sem correr o risco de esbarrar em um spoiler e acabar com alguma reviravolta. Vou dizer apenas que mudei de suspeito várias vezes e que ter acompanhado com afinco o caso da menina Madeleine me fez ter as hipóteses mais absurdas e concordar mais com os policias do que com o que os personagens relatavam. Sobre o final, achei que algo do tipo poderia acontecer mesmo tendo sido surpreendida com os acontecimentos. O último capitulo parece a ultima cena de uma série que quer muito uma nova temporada e eu adoraria ler o que aconteceu depois.

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: