Os Criadores de Coincidências

Não conhecia o livro até a prova antecipada chegar na minha casa, enviada pela querida Raquel Cozer, antes na Planeta e agora na Intrínseca.  Antes de explicar o que foi a experiência de ler esse livro, deixe-me situá-los com a sinopse oficial (porque qualquer detalhe a mais é caminho de spoiler!).

E se o trem que você perdeu, o café que derrubou, o bilhete que encontrou não forem eventos aleatórios? E se o destino do mundo estiver sendo manipulado por pessoas especializadas em criar acasos? Neste romance do israelense Yoav Blum, o destino é o protagonista – mas ele não depende de sorte ou intervenção divina. Emily, Eric e Guy trabalham numa espécie sobrenatural de organização secreta há alguns anos. Eles estudaram disciplinas como interferências em sonhos, distribuição de sorte e como ser amigos imaginários, até se tornarem criadores de coincidências. Agora, de tempos em tempos, recebem complexas missões a serem executadas. Seu trabalho é permanecer na área cinzenta entre destino e livre arbítrio, onde eles criam situações que criam situações que criam mais situações que darão origem a pensamentos e decisões, gerando os mais diversos resultados: o encontro de almas gêmeas, invenções que podem mudar o mundo, a inspiração que dará origem a obras-primas. Mas, quando Guy recebe uma missão especial, que vai além daquilo que ele acredita poder fazer, as coisas começam a se mover de forma a mudar tudo o que os criadores de coincidências entendem sobre a vida e a verdadeira natureza do amor. Um thriller improvável sobre os operários invisíveis que mantêm girando as engrenagens do acaso.

“Os criadores de coincidências” (escrito por Yoav Blum e traduzido por Fal Azevedo – é daqueles livros que me conquistou aos poucos e, ao mesmo tempo, de repente. A cada capítulo, fui me envolvendo e quando chegou ao final, apertei o livro contra o peito e suspirei profundamente. Que livro lindo!

Se você leu a sinopse acima e pensou “ish, sobrenatural. Curto não”, não desanime. “Os criadores de coincidências” é muito mais do que isso! Por meio de caracterização muito bem realizada e de uma história muito original, a narrativa tem tons da nossa realidade. Ao ler, pensamos naqueles “acasos” e “coincidências” que aconteceram no nossa vida e que levaram a algumas consequências felizes. Seriam elas coincidências mesmo? Claro que os mais céticos podem achar que eu sou maluca, mas sou daquelas românticas que acredita em planos de energia, sabe? Então não acho que tudo é o acaso não. Logo, “Os criadores de coincidências” foi a medida certa para me fazer sorrir!

Isso sem contar os três personagens – Guy, Eric e Emily – que, ao final, se tornaram amigos do leitor, confidentes.

Tive que passar alguns livros na frente, mas fiquei muito feliz de não ter engavetado a leitura desse livro. Que experiência linda e uma que, conforme é relida, fica ainda mais legal.

Compre aqui:

Submarino01 Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Os Criadores de Coincidências”

%d blogueiros gostam disto: