Polêmica no Hugo Award

hugo awardHugo Award é um dos mais prestigiados prêmios dados a livros de fantasia e ficção científica. É entregue desde a década de 1950 e tem entre seus vencedores autores como Ursula K. Le Guin, Issac Asimov, George R.R. Martin, J.K. Rowling, Arthur C. Clarke, Philip K. Dick, Neil Gaiman. Esse ano a lista de indicados está envolta em uma grande polêmica, um grupo que se intitula Sad Puppies resolveu manipular a lista de indicados por razões políticas.

No Hugo Awards são os fãs que votam para a lista de finalistas e para o vencedor, para se tornar um votante basta comprar uma entrada para a Worldcon, convenção em que o prêmio é entregue. Por ter esse formato a manipulação da lista não é nada que o prêmio não tenha vivido antes, um grupo advoga por uma causa e faz campanha aberta por certos candidatos, o problema aqui é uma mistura de campanha extremamente agressiva, os idealizadores pagaram as entradas de votantes, e de razões bastante controversas para a seleção dos indicados. Os Sad Puppies acreditam que o Hugo Award ficou muito diverso e inclusivo, que andou premiando mais autores negros, mulheres, autores em cuja a historia personagens são homossexuais. Eles acreditam que isso é uma distorção, que as obras vencedoras estão muito literárias (sim, isso é uma das justificativas) e que ficção científica e fantasia é sobre uma jornada de aventura e não deve, de forma alguma, abordar assuntos como discriminação, inclusão social ou qualquer tema que eles vejam como de uma agenda de esquerda.

Vox Day um dos idealizadores da campanha é uma figura polêmica, não só é sócio da editora que publica parte dos integrantes da lista criada pelos Sad Puppies como também é conhecido por suas posições homofóbicas. O seu texto em defesa da lista é um misto de argumentos inacreditáveis como o de que os textos ficaram muito literários e que livros de ficção científica e fantasia não devem falar de problemas reais como exclusão social ou discriminação, que esses livros devem ser apenas aventuras sem conexão com o mundo que cerca os escritores, pelo menos não se esse escritores tiverem uma visão, segundo ele, de esquerda. Esses argumentos se juntam também a outros como o de que a cultura americana está doente porque foi “infestada pelas culturas Africanas, Asiáticas e Aztecas”.(você não leu errado, ele culpa a cultura azteca).

A reação a vitória da campanha dos Sad Puppies foi imediata, George R.R. Martin escreveu repudiando a iniciativa e a lista de indicados falando que o grupo vai matar o prêmio, autores indicados retiraram suas candidaturas e a polêmica continuará até a Worldcon quando os prêmios serão entregues. O radicalismo político que vem assombrando o mundo chegou ao mundo da ficção científica e da fantasia e não em forma de uma grande aventura e sim em forma de acusações de parte a parte.

Um comentário sobre “Polêmica no Hugo Award

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *