Livros musicais

Nada é mais complicado do que escrever uma coluna em plena a Bienal. Toda a nossa energia está focada lá no Riocentro e seus três pavilhões de livros, eventos, bate-papos e autógrafos. Não dá nem para falar sobre o nosso evento lá uma vez que a coluna está sendo escrita antes dele acontecer. Fiquei pensando um monte, olhei meus alfarrábios, minhas pilhas de livro e … Continuar lendo Livros musicais

De olho nas telas (todas elas)

O cinema e a TV sempre estiveram de olho em adaptações possíveis de livros, quadrinhos e games. As vezes bem sucedidas, outras nem tanto. E na mira dos estúdios estão algumas novas aquisições literárias. A Pascal Pictures, responsável pela repaginação de “Caça-Fantasmas: Atenda ao Chamado”, a repaginação de “Homem-Aranha: De volta ao lar” e outra repaginação (sentiram um padrão?) de “Todos os Homens do Presidente” … Continuar lendo De olho nas telas (todas elas)

Da importância dos monstros – parte II

Imaginar-se outro é um exercício – desfazer as formas, os limites, levantar os véus que nublam a percepção e deixar-se afetar. A produção de alteridade passa por um deslocamento do self, do núcleo que supomos estável e essencial – ‘deslocamentos’ são movimentos tectônicos, vorazes, fractais – atravessar espelhos e comer cogumelos – produzir vulcões e erupções. “A pele é o mais profundo” – abandonar o … Continuar lendo Da importância dos monstros – parte II

Manual de sobrevivência

Finalmente, a Bienal está chegando! E para aproveitar o evento ao máximo, um certo planejamento é necessário. Confira abaixo algumas dicas para te ajudar a aproveitar ao máximo essa maravilha que é a Bienal! 1) Olha a senha!!! Entre no site da Bienal e se informe sobre o esquema das senhas tanto para os eventos quanto para os autógrafos. É ESSENCIAL planejar com antecedência até … Continuar lendo Manual de sobrevivência

A Casa das Sete Mulheres

Não faço parte das pessoas que assistiram a minissérie da TV Globo (melhor avisar logo), ouvi falar de “A Casa das Sete Mulheres” assim que ele foi lançado lá em 2002 dentro de uma livraria (conversar com livreiros é a melhor coisa para descobrir bons livros) e ele entrou na listinha de livros para prestar atenção e ler no futuro. A obra de Letícia Wierzchowski … Continuar lendo A Casa das Sete Mulheres

Entre eco e bolhas literárias

Tá faltando lógica, compreensão, empatia, pensamento crítico e tá faltando leitura. É aquela velha ladainha: se você não lê, fica à mercê da visão (muitas vezes viciada) de terceiros e o que sobra é o eco de interpretações equivocadas. É bem óbvio por que estamos todos com raiva. E é tão intensa que a gente transborda essa raiva para o mundo, para quem quiser ouvir. … Continuar lendo Entre eco e bolhas literárias