The Girl With The Make-Believe Husband

The Girl With The Make-Believe Husband é o segundo livro da série Os Rokesbys de Julia Quinn, sendo precedido por “Uma Dama Fora dos Padrões” (Because of Miss Bridgerton no original), que foi publicado no Brasil pela Editora Arqueiro em agosto. A previsão é de que o segundo chegue por aqui no início do próximo ano. O terceiro livro da série, The Other Miss Bridgerton, sairá nos EUA ainda esse mês.

A série Rokesby se passa cerca de três décadas antes de Os Bridgertons e tem como protagonistas os irmãos Rokesby, que eram vizinhos e amigos próximos da geração anterior de Bridgertons. Assim como “Uma Dama Fora dos Padrões”, a história de The Girl With The Make-Believe Husband ocorre em 1779, durante a Guerra de Independência dos EUA.

Com seu irmão Thomas lutando pelo exército britânico nas colônias do outro lado do Atlântico, Cecilia Harcourt se vê em uma situação bastante complicada quando o pai morre e um primo detestável tenta forçá-la ao matrimônio. Ao ser informada de que Thomas foi ferido, ela toma a ousada decisão de deixar seu vilarejo em Derbyshire rumo a Nova York para cuidar dele. Porém ao chegar lá ela descobre que o irmão está desaparecido e encontra apenas o capitão Edward Rokesby, melhor amigo dele, que se encontra em coma num hospital improvisado.

Cecilia decide cuidar do oficial, mas para isso acaba tendo que mentir e dizer que é sua esposa. Edward acorda sem qualquer memória dos últimos três meses e acaba acreditando no casamento, considerando que já conhecia Cecilia (e já tinha uma paixonite platônica por ela) através das cartas que ela enviava a Thomas. Para descobrir o que houve com o irmão, Cecilia sustenta a mentira, o que vai se tornando cada vez mais complicado a medida que ela e Edward se apaixonam.

O plot é bastante diferente dos trabalhos anteriores de Quinn e a mudança de período e cenário certamente traz um frescor bem vindo para quem já acompanhava as histórias da autora. O desenvolvimento da admiração mútua entre o casal protagonista através da correspondência é muito doce e torna mais verossímil o romance a partir do falso casamento. Os pequenos trechos das cartas colocados no início de cada capítulo ajudam a ambientar o leitor na relação à distância que já havia sido construída entre eles previamente.

Depois de um leve desapontamento com “Uma Dama Fora dos Padrões” (muito mais devido à grande expectativa em torno do lançamento da nova série do que ao romance em si), admito que não esperava muito deste livro. Acabei me surpreendendo e gostando muito. Definitivamente uma leitura imperdível para fãs antigos e novos de Julia Quinn.

Compre Aqui:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: