A História Secreta

Sou dessas que quando adora um livro vai atrás de toda a obra do autor. Foi assim que “A História Secreta” veio parar em minhas mãos, fiquei completamente encantada por “O Pintassilgo” e corri atrás dos outros livros de Donna Tartt. A leitura dessa vez foi mais trabalhosa e igualmente prazerosa.

“A Historia Secreta” é o primeiro livro de Tartt, publicado no anos 1990, e como primeiro livro é maravilhoso. Richard é um estudante de grego que se vê em uma seleta turma, com apenas seis alunos, de uma pequena universidade e é toda a dinâmica entre esses seis alunos que alimenta o livro. A dinâmica e um assassinato, isso não é spoiler, está logo na primeira página do livro. A narrativa em primeira pessoa feita por Richard é a narrativa do remorso, é ele, com a perspectiva que só o tempo nos dá, analisando o ocorrido e como tudo levou aquele desfecho trágico.

Tenho que admitir que tive momentos ruins e bons com o livro. Pegava e não conseguia ler nem três páginas antes de coloca-lo de lado e, em outros momentos, não conseguia para de lê-lo. Acredito que os momentos mais difíceis da leitura se devem ao clima pesado da narrativa, é tudo carregado por um remorso que me exauria como leitora e mesmo assim me impulsionava a continuar lendo pelo simples motivo de ser tão bem escrito.

Todo o poder de Henry, a relação dos gêmeos, a afetação de Francis, a idolatria que todos têm por Julian e, principalmente, a personalidade consumidora de Bunny fazem do relato de Richard encantador. É um desses casos em que saber o desfecho não atrapalha em nada a jornada. O leitor sabe, logo de cara, que vai ocorrer um assassinato e quem será morto, sabe o destino do personagem antes mesmo de ser apresentado a ele e isso não diminui em nada a jornada que leva ao crime. O crime em si não é surpreendente, nem mesmo o seu planejamento e isso não é um problema, é uma virtude conseguir manter o leitor entretido mesmo sem o surpreender. O  talento de Tartt está em contar essa historia cheia de personagens não muito sociáveis e fazer o leitor se importar com eles e se envolver em suas tramas.

“A História Secreta” é um grande livro, fica ainda maior se pensarmos que é o primeiro livro de Tartt, mas não foi uma leitura tão fluida para mim e mesmo assim “O Amigo de Infância”, segundo livro dela, já está na pilha para ser lido e até já passou alguns outros.

Compre aqui:

Submarino01 Saraiva Travessa Americanas Livraria Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *