Tablet como um livro

Há tempos queria entrar no mundo dos ebooks, muito mais por questões econômicas do que qualquer outra coisa. Pesquisei um monte que leitor comprar, qual seria melhor para utilizar no Brasil e, principalmente, os títulos e os preços disponíveis. Acabei optando por um tablet ao invés de um ereader o motivo foi mais as possibilidades que esse gadget tem e o fato de que eu não me incomodo em ler em uma tela com backlight.

O Galaxy tab vem com um e reader instalado e um aplicativo da livraria cultura. O meu primeiro passo foi baixar o aplicativo do kindle e ficar decepcionada com o fato de o aplicativo nook não estar disponível para o Brasil. O passo seguinte foi começar a agregar títulos a minha biblioteca virtual. Usei muitos links de livros de graça, existem títulos em inglês e em português. No próprio galaxy vem um aplicativo com links para obras de graça, eu baixei toda a obra de Machado de Assis que é disponibilizada pelo ministério da cultura em PDF.

Vamos ao que interessa: a leitura. Comecei por um livro que não me canso de ler, “Pride and Prejudice” de Jane Austen. Ele vem com aplicativo kindle junto com dois outros títulos. Comecei lendo com as configurações normais, depois aumentei um pouco a letra e troquei a configuração para que o fundo ficasse preto e as letras brancas, isso me cansou demais. Hoje encontrei a configuração perfeita, sépia com a letra média. Com esses ajustes leio horas sem nenhum problema. Como tenho muitos títulos disponíveis estou uma leitora um pouco dispersa, leio mais de um titulo ao mesmo tempo, ainda estou em uma fase de me divertir mais com o tablet do que qualquer outra coisa, mesmo assim estou andando na obra clássica de Austen. A próxima vitima será “Esaú e Jacob” de Machado de Assis.

A principal mudança que notei é das pessoas em volta, se antes ninguém falava nada quando me via lendo no almoço, no metro ou na fila do cinema, agora todo mundo tem um comentário a fazer. No cinema outro dia uma senhora me disse que não conseguiu se adaptar ao ereader, no restaurante a mulher ao lado fez um discurso sobre o avanço das tecnologias.

Só adquiri livros em inglês e baixei títulos nacionais de graça. Fui buscar ebooks nacionais e descobri que as editoras estão de sacanagem com os leitores, tem títulos mais caros em formato digital do que em papel. Qual é a lógica disso? É verdade que os preços, mesmo os internacionais, de ebooks são meio bagunça, não existe uma regra entre os valores dos livros de papel e os digitais, mas lá fora pelo menos tem-se a noção de que um livro digital deve ser mais barato do que um de papel. Aqui, o que parece, é que as editoras não querem que a coisa funcione, querem parar o bonde da história. Alguém devia lembrar a eles o que aconteceu a industria do disco quando tentou fazer a mesma coisa.

Além desse seriíssimo problema com os preços tem o fato de serem pouquíssimos os títulos disponíveis em português. É verdade que uma das razoes que me levou a querer um ereader foi cortar os meus gastos com a compra de livros em inglês. O custo do livro mais o do envio prejudica qualquer orçamento, sem contar o tempo que leva para os livros chegarem. Com o aplicativo eu compro tudo em um clique e já posso começar a ler. Queria fazer isso com alguns títulos em português, mas é impossível encontrar um bom preço e a disponibilidade de títulos é pífia.

Se você acha que troquei o livro tradicional pelo ebook, engana-se. Eu agreguei mais um formato, leio nos dois formatos. Meus gastos também só fizeram subir, gasto quando vou a livrarias e a facilidade de adquirir os ebooks faz com que eu compre muito mais. Agora a mina pilha de livros não lidos cresce física e virtualmente. É um pouco desesperador, mas estou me divertindo.

Um comentário sobre “Tablet como um livro

  1. Oláaa!

    Posso dar uma opinião? Acho que os posts tinham que ser assinados. =) Assim os leitores se identificam com personagens e não posts alheios cujos nomes dos responsáveis a gente não faz ideia. Saca? =)

    Fora isso, TUDO PERFEITO E EU AMO MEU ALFAJOR (AKA iPad)!!!

    Bjocas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *