Livros

Indicados Prêmio Hugo 2022

A Convenção Mundial de Ficção Científica anunciou os indicados ao Prêmio Hugo para os melhores da Ficção Científica em 2021. Tem um pouco de tudo, pra todos os gostos, autoras e editoras com múltiplas indicações, e retornos bem-vindos.

Entre os romances, A Desolation Called Peace, de Arkady Martine, é a continuação do ganhado do ano retrasado, A Memory Called Empire. Andy Weir, de Perdido em Marte, volta com Devoradores de Estrelas (o único publicado aqui). Tem estreantes como Ryka Aoki e sua bizarra mistura de Fantasia e FC, Light form Uncommon Stars, e a elogiadíssima fantasia histórica de Shelley Parker-Chan, She Who Became the Sun, uma versão alternativa da origem da Dinastia Ming na China. Ainda tem o divertido A Master of Djinn, de P. Djèli Clark, de quem já falei muito aqui, uma fantasia numa cidade do Cairo sobrenatural no início do século XX. Talvez a favorita seja Becky Chambers com The Galaxy, and the Ground Within, o encerramento com chave de ouro da série que já teve três volumes publicados aqui pela Darkside.

Becky Chambers também está indicada a melhor Novela, com a primeira parte de uma nova série, A Psalm for the Wild-Built. Completam a lista o britânico Adrian Tchaikovsky, Aliette de Bodard, Alix E. Harrow, Catherynne M. Valente (também indicada nas categorias Noveleta e Conto) e Seanan McGuire (indicada também em Conto, Fanzine e Série).

A editora Tor e o site Tor.com dominam a lista, com quatro romances, todas as seis Novelas, uma Noveleta, três Séries, um livro de Não-ficção, e dois no prêmio Lodestar para livro Jovem Adulto.

Mais uma vez, as revistas tradicionais (Analog, Asimov’s e Fantasy & Science Fiction) ficaram de fora. A revista online Uncanny teve seis histórias indicadas, além de concorrer a Melhor Revista Semi-profissional.

A premiação acontece em Chicago, dia 4 de Setembro.

Lista completa dos indicados aqui.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.