Filme Livros Série Televisão

Das páginas para as telas em 2021

2020 se foi e com ele a incerteza de certos lançamentos de adaptações cinematográficas. Posso afirmar que a pandemia de certo modo ajudou o mercado livreiro que teve um crescimento, embora pequeno, um crescimento significativo de 4,5%.[1][2][3][4] Assim como as assinaturas para todos as ferramentas de streaming disponíveis no mercado.[1] E o que mais a Netflix e suas concorrentes têm feito, é comprar direitos para adaptações cinematográficas. A gigante WarnerMedia comprou briga com diretores e atores quando declarou que em 2021, muitos filmes no catálogo seriam lançados tanto no circuito de salas de cinema quanto em seu novo serviço de streaming, o HBOMax (ainda não disponível no Brasil) para ajudar a impulsionar a sua plataforma.[1] Foi o caso de Mulher-Maravilha 84, mas será também o destino de Duna, novo filme de Denis Villeneuve (A Chegada) e Matrix 4. Mas, como leitores, não nos importa o formato, salas de cinemas, sala de casa, séries, filmes… queremos ver e criticar as adaptações. Segue uma lista de possíveis lançamentos esse ano. Alguns títulos podem surgir repetidos da lista do ano passado pois tiveram suas datas de lançamento adiadas.

JANEIRO

The Dig

The Dig (A Escavação)
O livro de John Preston ganha adaptação de roteiro pelas mãos de Moira Buffini (Jane Eyre) e direção de Simon Stone (The Turning). Netflix garantiu a compra dos direitos dessa adaptação que conta a história de uma viúva abastada que contrata um arqueólogo amador para escavar os túmulos de sua propriedade na iminência da Segunda Guerra.
No elenco estão Ralph Fiennes, Carey Muligan e Lily James.
Confira o trailer!

Passing
Baseado no romance de 1929 de Nella Larsen, que recentemente ressugiu do esquecimento, foi publicado ano passado pela Imã Editoral. O livro é indiscutivelmente intrigante pois traz de volta a luz algo em particular cuja as gerações mais jovens sabem muito pouco.
Clare está “passando-se”: leva a vida de uma branca, embora seja, na dicotomia racial norte-americana, uma negra. Com a pela clara, linda e ambiciosa, casou-se por interesse com um rico homem branco, racista, que não sabe da origem afroamericana da esposa. Sua amiga de infância, Irene, também negra de pele clara, escolheu permanecer na sociedade negra e é casada com um médico, também negro, que sonha em mudar-se para o Brasil (que, ele acredita, seria uma democracia social). Irene sente ao mesmo tempo repulsa e fascínio por Clare, por sua beleza e ousadia de “passar-se” por branca. Quando, por intermédio de Irene, Clare se aproxima da festiva elite intelectual do Harlem e quer resgatar sua identidade negra, a tensão, racial e sexual, entre elas vai crescendo até o fatídico final. Um romance avançado e contestador, hoje reconhecido como marco do “colorismo negro”, por uma das maiores escritoras negras do século 20.
O filme estreou no Festival (virtual) de Sundance esse ano, mas ainda não tem data para o lançamento no circuito comercial. No elenco estão Tessa Thompson (Thor: Ragnarok), Ruth Negga (Preacher) e Alexander Skarsgård (The Stand). É o filme de estreia da atriz Rebecca Hall (Tales from the Loop) na direção.

FEVEREIRO

Without remorse

Without Remorse
Este é primeiro livro da série John Clark e serve como uma história de origem para o personagem veterano SEAL do Vietnam. Os atores anteriores vinculados a este papel incluem Keanu Reeves, Laurence Fishburne e Tom Hardy, mas desta vez será interpretado por Michael B. Jordan.
Seu codinome é Sr. Clark. Seu trabalho para a CIA é brilhante, mas quem é ele realmente? O autor Tom Clancy mostra como um homem comum chamado John Kelly cruzou os limites da justiça e da moralidade para se tornar a lenda da CIA, o Sr. Clark. É uma viagem inesquecível ao coração das trevas. Sem misericórdia. Sem culpa. Sem remorso.
Confira o teaser e o trailer!

Cherry

Cherry
Este livro gerou muitos burburinho no mercado americano quando foi publicado em 2018, em grande parte devido ao autor seu autor, Nico Walker, estar preso no momento em que foi publicado. O livro não é seu livro de memórias, mas sim um romance sobre a vida de um narrador anônimo na faculdade, como um soldado durante a Guerra do Iraque e como um viciado em drogas e assaltante de banco após retornar da guerra durante a epidemia americana de opioides.
No elenco estão Tom Holland como personagem central e a direção está a cargo dos irmãos Russo, os mesmos da franquia Os Vingadores. A adaptação ficou a cargo da dupla Angela Russo-Otstot e Jessica Goldberg. O projeto será lançado pela plataforma da Apple TV+.
Confira o teaser!
(Atualização: 22/01)
A Darkside acaba de anunciar que lançará o livro em 2021. Leia no blog da editora.

French Exit

French Exit
A premissa é simples: uma socialite idosa e quebrada, se muda com seu filho e seu gato, que jura ser a reencarnação de seu falecido marido, para um pequeno apartamento em Paris. Só aí já basta para querer ler e ver essa obra. E se você não ficou curioso, na adaptação para o cinema, Michelle Pfeiffer é a socialite… idosa. O burburinho de uma possível indicação ao Oscar te anima?
A adaptação dirigida por Azazel Jacobs ainda traz no elenco Lucas Hedges, Imogen Poots e Tracy Letts.
Confira o trailer!

Amigas para sempre

Firefly Lane (Amigas para sempre)
Esse ano, Kristin Hannah ganha duas adaptações. A primeira chega no formato série pela Netflix e tem nos papéis principais as atrizes Katherine Heigl e Sarah Chalke.
É a história de Tully e Kate, duas amigas improváveis ​​desde o primeiro encontro na pré-adolescência em 1974 até o presente. Kate, a introvertida, e Tully, a garota mais legal da escola, formam um vínculo que resiste a cada marco em suas vidas, levando a uma tragédia no presente.
Confira o trailer!

MARÇO

Mundo em Caos

Chaos Walking (Mundo em Caos)
Baseado na trilogia YA mais vendida, do autor Patrick Ness, essa foi uma das adaptações mais atribuladas nos últimos tempos, conta uma premissa sombria. Em um mundo pós-apocalíptico, uma infecção rara e perigosa causou o inimaginável: a morte de todas as mulheres. O mesmo germe fez com que os pensamentos dos homens se tornassem audíveis, e agora o caótico Ruído está por toda parte. É impossível guardar segredos no Novo Mundo. O filme é baseado especificamente em The Knife of Never Letting Go, o primeiro volume da trilogia.
O filme é dirigido por Doug Liman (A Identidade Bourne, No Limite do Amanhã) e tem no elenco Tom Holland, Daisy Ridley. Mads Mikkelsen e Nick Jonas.
Confira o trailer!

Moxie: Quando as garotas vão à luta
Vivian Carter está cansada. Cansada da direção da escola, que nunca acha que os jogadores do time de futebol estão errados. Cansada das regras de vestuário machistas, do assédio nos corredores e dos comentários babacas dos caras durante a aula. Mas, acima de tudo, Viv está cansada de sempre seguir as regras. A mãe de Viv era dura na queda, integrante das Riot Grrrls nos anos 90. Inspirada por essas histórias, Viv pega uma página do passado da mãe e cria um fanzine feminista que distribui anonimamente para as colegas da escola. É só um jeito de desabafar, mas as garotas reagem. Logo Viv está fazendo amizade com meninas com quem nunca imaginou se relacionar. E então ela percebe que o que começou não é nada menos que uma revolução feminista no colégio.
O projeto é encabeçado por Amy Pohler e já tem data de lançamento na plataforma de streaming da Netflix – 3 de março.
Confira o trailer!

There You'll Find Me

There You’ll Find Me
Após um malfadado teste em um conservatório de música de prestígio de Nova York, Finley Sinclair viaja para uma vila costeira na Irlanda para começar um semestre de intercâmbio. Lá ela conhece a estrela de cinema e bad boy Beckett Rush, que está filmando a última parte de sua franquia cinematográfica medieval de fantasia e aventura. Eles começam um romance improvável, mas quando as forças em torno do estrelato de Beckett ameaçam destruir seus sonhos, Finley deve decidir o que ela arriscará por amor.
O filme, Finding You, tem no elenco Katherine McNamara (Shadow Hunters), Saoirse-Monica Jackson (Derry Girls), Jedidiah Goodacre (The Chilling Adventures fo Sabrina) e Vanessa Redgrave e Tom Everett Scott.

ABRIL

Dois beijos para Maddy

Fatherhood
Esse título foi um dos que sofreu com a pandemia e seu lançamento acabou sendo adiado. Incialmente programado para abril de 2020, o filme chega as salas de cinema em abril desse ano. O livro, entitulado Two Kisses for Maddy, foi publicado no Brasil pela Rocco com o título Dois beijos para Maddy: Uma história real de amor e perda.
Baseado em fatos reais o livro fala sobre amor, tristeza e paternidade. Matt (Kevin Hart) e Liz Logelin (Deborah Ayorinde) eram namorados no ensino médio. Após anos de namoro à distância, os dois finalmente conseguem se estabelecer em Los Angeles. Tiveram tudo o que sempre queriam: um casamento perfeito, uma linda casa nova e um bebê a caminho. Liz tem uma gravidez difícil, mas dá a luz a Madeline, uma bebê linda e saudável. Liz sofre uma embolia pulmonar e morre instantaneamente vinte e sete horas após o parto, sem nunca ter segurado sua filha nos braços.

Sombra e ossos

Shadow and Bone (Sombra e Ossos)
A tão esperada adaptação da trilogia YA de Leigh Bardugo será uma série da Netflix. Nela uma jovem com poderes recém-descobertos tenta salvar a sua terra de uma força poderosa e maligna.
Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele.
Confira o trailer!

MAIO

O Legado de Júpiter
Recentemente anunciado pela Netflix com um teaser trailer, O Legado de Júpiter já era esperado já que a plataforma de streaming comprou as obras de Mark Miller para adaptá-las para televisão em 2017.
No longínquo ano de 1932, os sonhos de Sheldon Sampson sobre uma misteriosa fonte de poder os levam, ele e seu irmão Walter e um grupo de seguidores leais em uma jornada ao redor do globo. O que eles descobrem os coloca em um curso que separará uma família e alterará o cenário político mundial! Décadas após sua jornada, Sheldon e Walter se transfomaram em lendas superpoderosas, mundialmente conhecidas por seu heroísmo. Mas a prole, treinada para viver à sua imagem, caiu bem longe da árvore. Abalada por um escândalo público após o outro, Chloe e seu irmão Brandon são uma desonra para a geração anterior. A cisão atinge seu ponto de ruptura quando uma parte da família derruba o governo e luta para governar a qualquer custo – enquanto os outros precisam fugir para se salvar. Mas quando o mundo paira à beira do colapso – os heróis ocultos devem surgir para retomar seu legado!

The Reincarnationist Papers

Infinite
O livro The Reincarnationist Papers é a base para a adaptação do filme Infinite que está em fase de pós-produção. Este thriller de ficção científica baseado que retrata uma sociedade secreta, a Cognomina, que possui a capacidade de relembrar eventos de suas vidas passadas. O personagem de Evan é assombrado pelo que ele pensa serem alucinações, mas na verdade são memórias de duas de suas vidas passadas.
O filme é dirigido por Antoine Fuqua (Dia de Treinamento, O Protetor) e traz no elenco Mark Wahlberg, Chiwetel Ejiofor e Dylan O’Brien.

Marry Me

Marry Me
Essa é uma adaptação da graphic novel de mesmo nome do autor Bobby Crosby. No filme estrelado por JLo, uma estrela pop é abandonada por seu noivo pouco antes de seu casamento no Madison Square Garden, então ela se casa com um garoto aleatório da multidão cujo cartaz ele empunha diz, “Casa comigo!”.
O filme é dirigido pela novata da grande tela, Kat Coiro (que possivelmente será diretora de epiódios de She-Hulk) e tem no elenco Owen Wilson, Sarah Silverman e John Bradley.

JULHO

Old
É um dia perfeito para ir a praia, ou assim pensavam uma família, o jovem casal, alguns turistas e um refugiado que acabaram se encontrando na mesma enseada isolada, cheia de piscinas naturais e costa arenosa, rodeada por penhascos densamente vegetados. Mas essa praia idílica esconde um segredo. Primeiro, há o cadáver de uma mulher encontrada flutuando na água cristalina. Depois, há o estranho fato de que todas as crianças estão envelhecendo rapidamente. Logo todo mundo está envelhecendo – a cada meia hora – e não parece haver nenhuma maneira de sair da enseada.
E ninguém menos para levar essa obra para as telas do que M. Night Shyamalan, o mestre da reviravolta. Baseado na graphic novel Sandcastle de Pierre-Oscar Levy e com as artes de Frederick Peeters, o filme conta com os atores Rufus Sewell, Gael García Bernal, Thomasin McKenzie, Embeth Davidtz, Eliza Scanlen, Abbey Lee eAlex Wolff.
Confira o teaser!

AGOSTO

Em Águas Profundas

Deep Water (Em Águas Profundas)
Esse clássico de Patricia Highsmith chega as telas sob a direção de Adrian Lyne (Flashdance, 91/2 de Amor, Atração Fatal, Proposta Indecente, Infidelidade). Se isso não bastasse para te deixar no hype, o elenco ainda traz Ben Affleck e Ana de Armas como o casal principal.
Na histrória, Melinda Van Allen (Armas) é linda, teimosa e sexy, mas infelizmente para Vic Van Allen (Affleck), ela é sua esposa. O amor deles azedou, e Melinda tem prazer em exibir seus muitos casos para o marido. Quando um de seus amantes é assassinado, Vic sugere à sua última conquista que ele era o responsável. Conforme os rumores se espalham sobre a tendência de Vic, a ficção e a realidade começam a convergir. É apenas uma questão de tempo antes que Vic realmente tenha sangue nas mãos.
Alguém sentiu de onde veio a inspiração para Gillian Flynn? Não à toa, Flynn escreveu o prólogo da edição impressa do livro em 2015.

SETEMBRO

Dark Harvest

Dark Harvest
Baseado no romance de Norman Partridge de mesmo nome, a história se passa no Halloween em 1963 e gira em torno de October Boy, também conhecido como Ol ’Hacksaw Face, ou como Sawtooth Jack. Seja qual for o nome, todos nesta pequena cidade do meio-oeste sabem quem ele é. Ele surge dos milharais todo Halloween, com uma faca de açougueiro na mão, e segue em direção à cidade, onde gangues de adolescentes aguardam ansiosamente a chance de enfrentar o lendário pesadelo. Tanto o caçador quanto o caçado, o Menino de Outubro é o prêmio em um rito anual de vida e morte. Pete McCormick sabe que matar o menino de outubro é sua única chance de escapar de um futuro sem saída deste fim de mundo. Ele está disposto a arriscar tudo, incluindo a sua vida. Mas antes que a noite acabe, Pete vai se ver face a face com o horror – e descobrir o verdadeiro segredo aterrorizante do menino de outubro.
Pouco se sabe sobre essa produção dos estúdios MGM. A direção está com David Slade (Menina Má.com, 30 Dias de Noite) e tem produção de Matt Tolmach (O Espetacular Homem-Aranha, Jumanji: Bem-Vindo à Selva, Venom) e David Manpearl.

Morte no Nilo
Mais um dos que ficou para esse ano, a adaptação do romance policial mais conhecido de Agatha Christie, Morte no Nilo, chega as telas em setembro.
Kenneth Branagh é novamente o diretor e volta ao papel do famoso detetive belga. O elenco conta também com Gal Gadot, Tom Bateman, Arnie Hammer, Annette Bening e Letitia Wright.
Em Morte no Nilo, Poirot está viajando pelo rio Nilo quando uma herdeira recém-casada é encontrada morta. Prato cheio para os leitores de Agatha Christie.
Confira o trailer!

OUTUBRO

Duna

Duna
Em outubro chega a tão aguardada adaptação do clássico de Frank Herbert, Duna, e esse foi um dos títulos que causou querelas entre diretores e estrelas de cinema com os estúdios Warner Bros.[1] Villeneuve se diz fã assíduo do material original e conta que trará as telas sua visão do clássico.[2] O filme que teve seu lançamento adiado por motivos de pandemia, chega finalmente as telas, telinhas e telonas em outubro como um mega espetáculo visual.
A história que dispensa apresentação, motivo de inspiração para escritores e diretores de cinema desde sua publicação em 1965. Situado em um futuro distante no planeta deserto Arrakis, Duna é a história do menino Paul Atreides, que se tornaria o homem misterioso conhecido como Muad’Dib. Ele vingaria a trama contra sua nobre família – e tornaria realidade o sonho mais antigo e inatingível e que mudará o curso da humanidade.
Uma mistura impressionante de aventura e misticismo, ecologia e política, Duna ganhou o primeiro Prêmio Nebula, compartilhou o Prêmio Hugo e formou a base do que é, sem dúvida, o maior épico da ficção científica.
Confira o trailer!

The last Duel

The Last Duel
Este é um thriller histórico focado no último ‘julgamento por combate’ entre um cavaleiro e um escudeiro oficialmente reconhecido e travado na França. Em 1386, dois ex-melhores amigos se enfrentam quando um é acusado de agredir a esposa do outro. A vida da esposa também está em jogo, pois se o seu marido fosse morto no duelo, ela seria queimada na fogueira como punição por sua falsa acusação.
Essa adaptação é dirigida por Ridley Scott com roteiro adaptado por Ben Affleck, Matt Damon e Nicole Holofcener do livro de mesmo nome escrito por Eric Jager. No elenco estão Matt Damon, Adam Driver e Jodie Comer.

NOVEMBRO

The House of Gucci

The House of Gucci
Essa faz parte da dobradinha do Ridley Scott esse ano. Mais um projeto da MGM, Scott dirige um elenco estrelar: Lady Gaga, Jeremy Irons, Al Pacino, Adam Driver, Jared Leto e Jack Huston. A adaptação do livro de Sarah Gay Forden, explora a saga da família da alta costura. No cerne do livro está a dúvida: Patrizia Reggiani assassinou ou não o ex-marido, Maurizio Gucci, em 1995. E se ela fez isso, por quê? A história examina a ascensão, eventual colapso e ressurreição da dinastia Gucci, incluindo informações dos bastidores sobre o julgamento de Patrizia.

DEZEMBRO

The Nightingale (O Rouxinol)
O Rouxinol é a segunda adaptação cinematográfica de um livro de Kristin Hannah esse ano. O romance conta a história de duas irmãs na França durante a Segunda Guerra Mundial e sua luta para sobreviver e resistir à ocupação alemã.
Separadas pelas circunstâncias, divergentes em seus ideais e distanciadas por suas experiências, as duas irmãs têm um tortuoso destino em comum: proteger aqueles que amam em meio à devastação da guerra – e talvez pagar um preço inimaginável por seus atos de heroísmo.
O filme traz no elenco ninguém menos do que as irmãs Fanning nos papéis principais. Isso mesmo. Dakota e Elle interpretam Vianne e Isabelle.

E ainda há as incertezas de lançamento esse ano devido a pandemia. Como produções tiveram que parar durante grande parte do ano passado, algumas estavam em momento inicial de produção, outras em meio a produção e outras ainda precisando de finalização. Seguem alguns títulos ainda esperados para esse ano, mas sem data de estreia: Anatomy of a Scandal, The Stars at Noon, Mothering Sunday, The Power of the Dog, Monster (ganhador do Pulitzer), Blonde (baseado no livro de Joyce Carol Oats), Nine Perfect Strangers, Conversations with Friends, Always and Forever, Laura Jean, Those Who Wish Me Dead, Last Letter from Your Lover, Dear Zoe, Fear Street (adaptação da Netflix para a série de livros de mesmo nome), Killers of the Flower Moon (novo projeto de Martin Scorsese), Last Looks, Passing, Redeeming Love, There’s Someone Inside Your House, The Tiger Rising, The Tragedy of Macbeth (outra adaptação de Shakespeare, mas essa adaptada e dirigida por Joel Coen com Denzel Washington, Frances McDormand, Brendan Gleeson), True Things About Me, A Mulher na Janela (será que finalmente sai?), Americanah (HBOMax), e a terceira temporada de A Descoberta das Bruxas.

Similar Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *