Sobre pontos cegos e privilégio

“Um futuro antirracista exige um presente autorreflexivo. Livros me ensinaram isso”, escreveu o autor Mychal Denzel Smith em uma coluna para o PublisherWeekly. O que Mychal Denzel Smith falou me tocou, mas não foram as palavras dele que me fizeram escrever esta coluna. Foram as minhas: palavras antigas que não condizem mais com a pessoa […]

O 1% da quarentena

Eu vou direto ao ponto. 99% das preocupações estão relacionadas ao novo coronavírus: o vírus em si, confinamento, quarentena, isolamento social, cordão sanitário ou qualquer uma dessas coisas aí que ninguém está de fato fazendo no Brasil (não me olha assim! Você também não está fazendo de verdade, admita. Ir até o mercadinho na esquina […]

Escrevendo a história da minha quarentena

Nas primeiras semanas da quarentena eu lembro de ter dito para minha equipe no trabalho algo como “vocês estão escrevendo neste exato momento a história da quarentena de vocês, vocês vão lembrar disso tudo. Então, façam o que vocês gostariam de lembrar”. Foi bem nível coach, eu sei, mas já costumo falar isso sobre a […]

O reinado de Momo

O Cheiro de Livro tem uma quantidade enorme de resenhas de livros sobre samba e, principalmente, sobre escolas de Samba do Rio de Janeiro. Tudo culpa minha. Adoro samba e sou uma torcedora entusiasmada das Escolas de Samba. Aviso logo que esse coração aqui bate pela azul e branco de Nilópolis, ou seja, G.R.E.S. Beija-Flor […]

Como se forma um leitor?

O título desse texto é uma provocação. Não faço a mais remota ideia de como se faz com que pessoas capazes de ler façam isso por gosto e não por obrigação. A escritora Ruth Rocha divide as pessoas em três grupos: o primeiro, uma minoria, nunca se tornará leitor, não importa o estimulo; o segundo, […]

Era tudo mato

O ano era 2001, a internet era discada, o celular servia só para ligar e na mesa da cantina da faculdade uma troca rápida de ideia, um e-mail anotado na página de um livro (um sacrilégio, sabemos) e assim a equipe do finado Sem Sentido ganhava corpo. Os anos passaram e o blog que falava […]

Lendo por aí

Estava lendo “Pequena Livraria dos Sonhos” onde a autora Jenny Colgan começa o livro dando dicas de onde ler. Temos pouquíssimos locais em comum, mas é impossível não pensar em onde e como eu leio depois daquelas páginas. Desde que me entendo por gente leio bastante. Desde a adolescência eu estabeleço a meta de ler […]

Safe Place

A frase de Stephen King que está na abertura de “Fica Comigo” – ˜você nunca terá amigos como os que teve aos oito anos de idade”- é dessas de impacto e que cria todo um universo que idealiza a infância e os laços criados nessa fase da vida. O interessante é que nesse conto ou […]

Tri, tetra, penta…

Tem mais alguém aqui tão fissurado que já comprou o mesmo livro mais de uma vez? Culpado. Já tive quatro versões de Senhor dos Anéis. A primeira nem conta, era uma tradução tão pavorosa pro português que não consegui passar do Tom Bombadil. Tive que ler em inglês. Comprei outra edição em livro de bolso […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo